Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Dezembro 12, 2017

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Comunidade judaica convida grupo de Israel para comemorações da Páscoa em Belmonte

Comunidade judaica convida grupo de Israel para comemorações da Páscoa em Belmonte
José Lagiosa

Trinta e cinco pessoas de Israel e mais um grupo de estudantes portugueses foram convidados pela comunidade judaica de Belmonte a participarem na celebração da “Pessach”, que é considerada a “Páscoa judaica”.

“Convidámos para estar entre nós um grupo de israelitas, que estará a fazer um roteiro por Portugal, bem como alguns alunos que estudam o judaísmo e que também se vão juntar à comunidade judaica de Belmonte na comemoração desta data milenar”, disse hoje à agência Lusa o rabino Elisha Salas.

Elisha Salas também especificou que os israelitas estarão em Belmonte na sexta-feira para participarem numa celebração realizada já após o pôr-do-sol, enquanto a visita dos alunos portugueses, essencialmente oriundos de Porto e Lisboa, se prolonga até sábado.

A “Pessach”, que é celebrada ao longo de uma semana, também é conhecida como “Festa da Libertação” e assinala o dia em que hebreus se libertaram da escravidão no Egito, dando origem ao povo judaico.

Segundo Elisha Salas, aquela comunidade também já está a preparar esta festa, que de acordo com a lei judaica implica uma limpeza minuciosa das residências de modo a libertá-las de qualquer tipo de “chametz” – alimentos e utensílios que possam estar relacionados com o fermento.

Por esse motivo, matzá (pão ázimo), que os judeus comem por estes dias, mas que é de muito difícil confeção, foi encomendado num centro de distribuição localizado em Paris.

Igualmente integrados nas comemorações da semana da “Pessach”, em Belmonte, estão marcados vários serviços religiosos especiais a ter lugar na Sinagoga ao longo de toda a semana, bem como a realização de um jantar comunitário e de amizade e de vários passeios familiares no campo, que deverão “contribuir para o convívio entre todos os elementos da comunidade e promover a reflexão e a oração”.

A comunidade judaica de Belmonte conta atualmente com cerca de 120 pessoas.

*Com Lusa

 

Comentar