Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 26, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Câmara de Idanha-a-Nova entrega viatura à GNR

Carlos Castela

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova entregou uma viatura ligeira ao Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana de Castelo Branco, cedida em regime de comodato, destinada a ser utilizada no policiamento das aldeias históricas do concelho de Idanha-a-Nova.

O protocolo foi assinado na passada quinta-feira, e reforça a estreita colaboração entre o município de Idanha-a-Nova e a GNR, no sentido de garantir todas as condições para que as forças policiais prestem o melhor serviço possível aos munícipes e visitantes do concelho.

“Num momento difícil para as forças policiais, e para o país em geral, entendemos colaborar com a GNR na segurança dos nossos munícipes, mas também na segurança de quem nos visita”, referiu, no ato de assinatura do acordo, o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova.

Armindo Jacinto sublinhou que as duas aldeias históricas, Monsanto e Idanha-a-Velha, representam um produto turístico fundamental num concelho que recebe cerca de 200 mil visitantes por ano.

“É sabido que a segurança pode ser um fator de competitividade na afirmação de destinos turísticos”, acrescentou o autarca, recordando outras iniciativas de colaboração com a GNR, nomeadamente a realização de ações de formação relativas à oferta turística do concelho e a cooperação na organização de eventos.

Ainda na cerimónia de assinatura do protocolo, o coronel Oliveira Gonçalves, comandante distrital da GNR de Castelo Branco, realçou a “grande elevação e sentido de serviço público” do município de Idanha-a-Nova nas relações com esta força militar.

“A câmara não tinha obrigação legal de nos fornecer este apoio, fá-lo porque o seu presidente tem sentido de serviço público”, frisou.

A nova viatura vai ficar instalada no posto territorial da GNR de Monsanto e está destinada essencialmente ao policiamento desta aldeia e de Idanha-a-Velha. Irá contribuir para a preservação do património histórico e cultural destas povoações e melhorar a segurança e o conforto dos munícipes e visitantes.

Comentar