Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Entidades ibéricas criam associação de desenvolvimento transfronteiriço

José Lagiosa

Onze Entidades ibéricas deram hoje o primeiro passo, em Miranda do Douro, no distrito de Bragança, para a constituição da Associação Desenvolvimento Astúrias Portugal (ADAP), que visa contribuir para a promoção cultural e económica de Portugal e Espanha.

O autarca de Miranda do Douro, Artur Nunes, disse em declarações à agência Lusa que os objetivos da associação são económicos e culturais e vão permitir às entidades envolvidas criar laços de cooperação ao nível ibérico.

“No dia sete de fevereiro será assinado em Pola de Siero (Astúrias) um convénio que, nesta primeira fase, irá dar o arranque efetivo à ADAP para dar início a todo o processo”, afirmou.

Para Artur Nunes, a região espanhola das Astúrias tem “muitas afinidades culturais” com Portugal e, dadas a boas relações existentes, avançou-se para a constituição desta nova associação transfronteiriça.

Por seu lado, o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, defendeu que é preciso reforçar os casos de cooperação entre o litoral e o interior português e, ao mesmo tempo, com a região das Astúrias.

O autarca destacou que a União Europeia, no próximo Quadro Comunitário de Apoio, favorece as candidaturas aos fundos que são feitas em rede.

As entidades que estão na base da constituição da ADAP são as câmaras de Mirada do Douro, Mogadouro (Bragança), Nazaré (Leiria), Mira (Coimbra) e Amarante (Porto), do lado português.

Rio Douro em Miranda do Douro

Rio Douro em Miranda do Douro

Do lado espanhol, estão Pola de Siero, Cangas de Onis, Gijón, Vagadeo.

A Projestur e a Fundação Luso-Espanhola fazem igualmente parte das entidades fundadoras.

Não está descartada a inclusão de outros municípios, como Lamego (Viseu), Fundão (Castelo Branco), associações comerciais e empresariais, empresas, universidades e outros agentes culturais.

As sedes da futura associação transfronteiriça serão em Portugal e em Espanha, entrando a ADAP em funcionamento ainda no decurso de 2015.

*Com Lusa

 

Comentar