Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 2, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Inquérito da Câmara de Idanha diz que há 70 mil interessados em se fixar no concelho

Inquérito da Câmara de Idanha diz que há 70 mil interessados em se fixar no concelho
Carlos Castela

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova realizou um inquérito a nível nacional, onde identificou cerca de 70 mil pessoas que mostraram interesse em se fixar e instalar no concelho.

Perante o resultado obtido, sobretudo na zona da Grande Lisboa, o autarca de Idanha-a-Nova lançou o programa «Recomeçar», uma extensão da campanha lançada há dois anos, «Não Emigres, Migra!», cujo objetivo era o combate à desertificação do território, através de um apelo, sobretudo aos jovens empreendedores, para se fixarem em Idanha.

Ciente de que atualmente o concelho não tem capacidade para albergar 70 mil pessoas e que este não é um percurso que se faça de um dia para o outro, Armindo Jacinto quer aproveitar o próximo quadro comunitário de apoio para captar e fixar o maior número possível destes potenciais interessados.

Segundo o autarca, o inquérito demonstra que se tratam de famílias constituídas por três ou quatro elementos, entre os 30 e os 45 anos, com formação média/superior e com alguma capacidade financeira.

O objetivo do município, que está já a trabalhar no terreno, é que o programa «Recomeçar» seja desenvolvido na próxima década.

Comentar