Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 12, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Museu de Aveiro abre reservas para aumentar visitantes

Museu de Aveiro abre reservas para aumentar visitantes
José Lagiosa

O Museu de Aveiro abriu hoje ao público duas das suas reservas, a de têxteis e a de materiais inorgânicos, com o objetivo de captar mais visitas, em ato presidido pela diretora regional de Cultura do Centro, Celeste Amaro.

Trata-se de uma iniciativa dinamizada pela Direção Regional de Cultura do Centro que, no caso do Museu de Aveiro, permite o acesso ao público às reservas museológicas de têxteis e de pedra, cerâmica, vidro, azulejo e metais.

A abertura das reservas tornou-se possível depois do Museu de Aveiro ter sofrido recentemente significativas obras de recuperação, embora a reserva de têxteis tenha exigido condições adicionais de climatização.

“Hoje vamos abrir ao público as suas reservas, em resultado de um desafio lançado aos técnicos do Museu de Aveiro. Entende-se que as reservas são espaço que também deve ser usufruído, o que até agora não tem acontecido porque, por norma, só são visitados por pessoas especificamente interessadas e não pelo visitante comum. É mais um espaço para quem visita o museu de Aveiro o que estará aberto ao público e que prolonga o tempo visita ao museu”, disse Celeste Amaro.

Além do Museu de Aveiro, também o Museu Francisco Tavares Proença Júnior, em Castelo Branco, abre a sua reserva de têxteis e pintura, e o Museu das Caldas da Rainha a reserva da cerâmica.

“A partir de hoje passa a haver internet livre em todos os passos museológicos afetos à Direção Regional de Cultura do Centro”, anunciou também a responsável por aquele organismo desconcentrado da administração central.

A passagem do Museu de Aveiro há dois anos, da tutela direta da Secretaria de Estado da Cultura para a Direção Regional, na altura localmente contestada e vista como uma “despromoção”, traduziu-se, segundo Celeste Amaro num aumento significativo da média de visitas.

Foto: Cida Garcia

Foto: Cida Garcia

No balanço dos dois anos em que a Direção Regional de Cultura do Centro assumiu a gestão do Museu, Celeste Amaro deu conta de que, enquanto em 2012 o número de visitantes foi de 30.575, em 2013 ascendeu a 49.229 e o ano de 2014 fechou com um total de 38.234 visitas.

A quebra em relação a 2013 é explicada pela diretora regional de Cultura com o facto de naquele ano a Diocese de Aveiro ter realizado uma exposição de arte sacra naquele museu, que por si só atraiu 11.987 visitantes.

O “balanço” foi também assinalado com o novo roteiro do Museu de Aveiro, que estará à venda no museu e cuja edição aguardava a regularização do seu pagamento.

*Com Lusa

 

 

Comentar