Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 6, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Comunidade da Beira Baixa quer património da Assembleia de Castelo Branco

Comunidade da Beira Baixa quer património da Assembleia de Castelo Branco
José Lagiosa

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) decidiu hoje solicitar ao Governo a transferência do património da Assembleia Distrital (AD) de Castelo Branco para aquela entidade, tal como previsto na lei.

“Foi deliberado no sentido de transferir o património da AD para a CIMBB. A resposta vai seguir hoje mesmo para o secretário de Estado da Administração Local”, disse o presidente da CIMBB, João Paulo Catarino, à agência Lusa.

João Paulo Catarino, que falava no final da reunião da comunidade intermunicipal, que decorreu em Oleiros, sublinhou que esta decisão foi tomada por unanimidade.

O novo regime jurídico das AD, publicado a 26 de junho de 2014, pretende, na prática, esvaziar estas autarquias, constituídas por representantes dos municípios de cada distrito.

Estabeleceu que as AD tinham até ao final de outubro para decidir o destino da sua universalidade, que inclui património, serviços e trabalhadores e outras relações jurídicas.

A preferência é dada a “uma entidade intermunicipal cujo âmbito territorial coincida total ou parcialmente com a área do distrito, a qualquer município do distrito ou a uma associação de municípios de fins específicos composta por municípios do distrito”.

À Lusa, o presidente da CIMBB explicou estar-se “a falar de um património significativo e com algum valor”, que inclui um edifício em Castelo Branco, uma colónia de férias na Areia Branca (concelho da Lourinhã) e uma colónia de média altitude em Louriçal do Campo (Castelo Branco).

Sobre a transferência de pessoal da AD de Castelo Branco, João Paulo Catarino adiantou que não há qualquer problema, uma vez que aquele organismo já não possuía quaisquer funcionários no seu quadro.

A CIMBB inclui os concelhos de Castelo Branco, Proença-a-Nova, Penamacor, Idanha-a-Nova, Vila Velha de Ródão e Oleiros.

*Com Lusa

 

 

Comentar