Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 17, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Município de Tomar quer gestão partilhada do Convento de Cristo

Município de Tomar quer gestão partilhada do Convento de Cristo
José Lagiosa

A Assembleia Municipal de Tomar aprovou por unanimidade uma moção para que o município inicie conversações com a secretaria de Estado da Cultura para a gestão partilhada do conjunto de monumentos Castelo Templário, Convento de Cristo e Aqueduto dos Pegões.

Em comunicado, o município refere a “aposta estratégica de Tomar no turismo, no património e na cultura” e o papel da autarquia como parceira da Direção Geral do Património Cultural no que toca ao monumento classificado como Património da Humanidade, bem como os “diversos exemplos de gestão conjunta de património edificado e natural entre entidades públicas, privadas e autarquias, nacional e internacionalmente”.

Para o município de Tomar, “a animação, fruição, otimização local e regional de um bem cultural como o conjunto edificado do Castelo dos Templários/Convento de Cristo, incluindo os Pegões Altos, só poderá ser plenamente assumido se a interação for permanente entre os agentes e baseada em regras claras e circuitos desburocratizados”.

Para a autarquia, “é do interesse público que as diferentes entidades do Estado contribuam para a preservação do património, a dinamização cultural e a valorização dos territórios”.

*Com Lusa

Comentar