Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Janeiro 19, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Efemérides de 16 de março

Efemérides de 16 de março
Carlos Castela

Principais acontecimentos registados no dia 16 de março:

1802 – É inaugurada a Academia Militar de West Point, nos EUA.

1825 – Nasce Camilo Castelo Branco, em Lisboa, autor de “Amor de Perdição”, “A Queda de Um Anjo”, “A Corja”.

1851 – A Espanha assina a Concordata com a Santa Sé.

1890 – Morre Andrade Corvo, escritor, deputado, ministro e membro da Academia de Ciências de Lisboa.

1916 – No Governo de António José de Almeida é criado o Ministério do Trabalho e Previdência Social.

– Abrantes é elevada a cidade.

1917 – Kerenski proclama a República na Rússia.

1922 – O Reino Unido reconhece o Reino do Egito.

1927 – O avião Argus dos portugueses Sarmento de Beires, Jorge Castilho e Manuel Gouveia, faz a primeira travessia noturna do Atlântico Sul.

1935 – A Alemanha de Hitler repudia as cláusulas de desarmamento previstas no Tratado de Versalhes. Começa o reequipamento militar do país.

1961 – Os ataques da UPA no norte de Angola atingem Carmona, Aldeia Viçosa e Bessa Monteiro.

1962 – A URSS lança o primeiro satélite Cosmos.

1965 – Início da terceira marcha de Selma a Montgomery (Alabama). Cercados por 2.000 soldados do Exército americano, 1.900 membros da Guarda Nacional do Alabama sob comando federal e muitos agentes do FBI e marechais federais, os manifestantes avançam 16 km ao longo de todo o dia pela Route 80, conhecida no Alabama como a “Rodovia Jefferson Davis”. Os manifestantes alcançaram Montgomery a 24 de março e o Capitólio do Estado do Alabama em 25 de março.

1974 – Tentativa de golpe militar, em Portugal, pelo Regimento de Infantaria 5 das Caldas da Rainha.

1978 – É inaugurada a Academia da Força Aérea.

– Rapto do primeiro-ministro italiano e presidente da Democracia Cristã Aldo Moro, por um comando das Brigadas Vermelhas.

1979 – O PSD retira o apoio ao Governo de Mota Pinto.

– Morre Jean Monnet, figura chave na fundação da União Europeia.

1986 – A Suíça rejeita a adesão à ONU, em referendo.

1993 – Morre a escritora portuguesa Natália Correia, 69 anos, ex-deputada, antiga diretora da revista Vida Mundial, autora de “Dimensão Encontrada”.

2000 – Demite-se o diretor da Polícia Judiciária Fernando Negrão, no âmbito do processo de investigação do Caso Moderna.

2002 – Cientistas dos EUA completam a descodificação do primeiro mapa de proteínas de um ser vivo.

2003 – A cimeira dos Açores junta nas Lajes o Presidente dos Estados Unidos, George Bush, os primeiros-ministros do Reino Unido e de Espanha, Tony Blair e José Maria Aznar, recebidos pelo anfitrião e então primeiro-ministro José Manuel Durão Barroso. No encontro, é decidida a invasão do Iraque, iniciada quatro dias depois.

2004 – É inaugurado o Centro Nacional de Apoio ao Imigrante, em Lisboa.

2005 – O relatório do Instituto da Água verifica a existência de seca extrema em 60 por cento do território de Portugal continental.

2006 – É aprovada a proposta de Lei para o Sistema Integrado da Avaliação de Desempenho na Administração Pública.

– Criação da Rede Nacional de Cuidados Integrados, para idosos doentes e cidadãos em situação de dependência.

– Morre Josué Montello, 88 anos, escritor brasileiro.

2007 – A Assembleia Nacional Popular chinesa aprova a lei da propriedade privada.

– Relatório do governo norte-americano indica que o inverno deste ano foi o mais quente no hemisfério norte dos últimos 127 anos.

2008 – O primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, de 65 anos, é reconduzido, por cinco anos, na chefia do governo.

– O Salão do Livro de Paris, com Israel como convidado de honra (o que leva ao boicote por parte de vários países árabes e muçulmanos), é evacuado durante uma hora devido a um alerta de bomba.

– Morre o antigo inspetor-geral da Administração Interna e magistrado do Ministério Público de carreira, Rodrigues Maximiano, vítima de doença prolongada aos 71 anos.

2009 – Morre Abdelkébir Khatibi, escritor, sociólogo e investigador marroquino, 71 anos.

2010 – Um militar português da força nacional destacada no Kosovo morre na sequência de uma prova de aptidão física.

2012 – As varas cíveis de Lisboa decidem declarar ilícita e ilegal a atividade do grupo BetClick e a sua publicidade e impedir as empresas de explorarem em Portugal “os jogos de lotarias e apostas mútuas desportivas ou outras”.

– Berta Cabral é reeleita para a presidência do PSD/Açores com 99,7% dos votos.

– Morre Chaleo Yoovidhya, empresário farmacêutico e inventor da bebida energética Red Bull, aos 88 anos.

– Estanislao Basora, antiga glória do Barcelona da década de 50, morre aos 85 anos.

2013 – Os zimbabueanos aprovam por 94,5 por cento dos votos a nova Constituição que abre caminho a novas eleições e que deve pôr fim à coabitação entre Mugabe e Tsvangirai.

2014 – Num referendo considerado ilegal pela comunidade internacional, a Crimeia decide tornar-se independente da Ucrânia e anexar-se à Rússia, levando a UE a aplicar, no dia seguinte, a primeira de uma série de sanções a Moscovo.

Este é o septuagésimo quinto dia do ano. Faltam 290 dias para o termo de 2015.

Pensamento do dia: “Só os medíocres sabem o que fazer com a vitória”. Natália Correia (1923-93), escritora, poeta e ex-deputada portuguesa.

*Com Lusa

Lusa/Fim.

Comentar