Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 2, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Pawel Bernas vence etapa e veste camisola amarela

José Lagiosa

volta-ao-alentejo-2015

Pawel Bernas da Activejet Team venceu este sábado, 28 de março, a quarta tirada da 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros e é o novo Camisola Amarela da “Alentejana”.

O polaco ganhou vantagem aos adversários nos derradeiros 1500 metros da etapa, em Vila Nova de Santo André, deixando para trás Delio Fernandez (W52/Quinta da Lixa), espanhol que subiu ao segundo lugar da geral.

Sérgio Sousa da portuguesa LA Alumínios/Antarte foi o terceiro homem a concluir os 143,7Km da jornada que começou em Aljustrel.

Nas contas da “Alentejana”, e a faltar apenas um dia para o final, Bernas lidera com 5 segundos de vantagem sobre Delio Fernandez e James Oram, o neozelandês ocupa o terceiro lugar do pódio.

Manuel Cardoso do Team Tavira, o anterior comandante gastou mais 21 segundos que o vencedor, e está agora na quarta posição a 11 segundos do novo líder, informa a organização em comunicado.

Este é o segundo triunfo de Pawel Bernas, este ano, em Portugal.

O polaco de 24 anos venceu, no passado fim-d- semana, a primeira etapa do Grande Prémio Liberty Seguros – Troféu Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e não escondeu que procurava novo êxito: “Estava a tentar chegar à vitória desde o primeiro dia, estive sempre nas fugas dos últimos quilómetros e hoje, finalmente, consegui. Ataquei quando faltavam 1,5 km para o final e foi a melhor decisão que tomei.”

O corredor da polaca Activejet Team lançou-se com um grupo de seis corredores quando faltavam 12 quilómetros para a meta.

Foram os primeiros a receber os calorosos aplausos das centenas de pessoas que assistiram, em Vila Nova de Santo André, à chegada da penúltima tirada da 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros.

Pawel sabe, no entanto, que nada está decidido: “Amanhã será uma etapa muito dura, rápida e nervosa, mas tudo faremos para manter a Camisola Amarela”, prometeu.

O primeiro título desta Volta está, virtualmente, entregue.

Bayron Guama da equipa do Ecuador venceu o último Prémio de Montanha da competição instalado na Serra de Grândola e para sagrar-se, este domingo, pelo segundo ano consecutivo, o Rei da Montanha, Camisola Castanha Delta Cafés, só tem de terminar a prova.

Manuel Cardoso lidera a classificação dos pontos, veste a Camisola Verde Crédito Agrícola e James Oram do Team Axeon manteve a Camisola Branca RTP da juventude.

No pódio em Vila Nova de Santo André

No pódio em Vila Nova de Santo André

E ao quarto dia de competição a velocidade continuou a aumentar com uma média, logo à primeira hora, de 49km/h.

Razão de tanta velocidade? As inúmeras tentativas de fuga que se registaram até ao quilómetro 44 quando, finalmente, Joni Brandão da Efapel e Mario Gonzales do Activejet Team, conseguiram dar expressão ao que tantos ensaiaram.

Estes dois homens ganharam a companhia de Joaquim Silva, W52-Quinta da Lixa, Xabier Lasa, Euskadi-EDP e Garikoitz Bravo, Murias-Taldea ao quilómetro 69 e chegaram a ter, em quinteto, uma vantagem máxima de 2 minutos 38 segundos.

Quando a Rádio Popular-Boavista tomou conta do pelotão a diferença baixou e depois da Meta Volante de Grândola a fuga chegou ao fim, já com os olhos postos no último Prémio de Montanha da competição.

O derradeiro dia de competição, domingo, 29 de março, começa em Alcácer do Sal às 11h20. As Metas Volantes de Montemor-o-Novo (km 44,4), Arraiolos (km 66,4) e Vila Viçosa (127,4) são pontos de interesse num traçado com 175,1 quilómetros que vão terminar em Reguengos de Monsaraz, Cidade Europeia do Vinho 2015.

A meta, instalada na Praça da Liberdade, será abordada pelas 15h50 e após os 804,6 quilómetros totais de competição se brindará ao melhor corredor da 33ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros

Comentar