Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 28, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Vitória sobre Casa Pia garante ascensão ao 2º lugar do Benfica albicastrense

José Lagiosa

Benfica e Castelo Branco 2 – Casa Pia AC 1

Jogo vivo e bem disputado entre duas equipas esforçadas em assegurar a vitória no final do encontro.

Depois de três hipóteses para marcar, uma das quais proporcionou a defesa da tarde a Miguel Soares, guardião visitante e outra perdeu-se na trave da baliza do Casa Pia após um livre magistralmente apontado por João Rui.

Os encarnados colocaram-se na frente do marcador, ainda antes do intervalo, com um golo obtido pelo mesmo João Rui, aos 44, minutos, ao entrar na área e após driblar dois adversários e chutar para a baliza vitoriosamente.

Tentaram reagir de imediato os visitantes, mas Hidalgo anulou completamente as intenções da equipa visitante até à ida para o intervalo.

Na segunda parte, os casa pianos procuraram o golo do empate e acabaram por consegui-lo aos 50 minutos de jogo por intermédio de Coito, ao fazer um golo sem hipótese de defesa para o guardião albicastrense.

Os donos da casa, perderam ligeiramente o norte depois deste golo dos visitantes mas rapidamente se restabeleceram e as melhores oportunidades pertenceram-lhes, sendo coroadas de êxito aos 70 minutos, com Dani Matos, a disparar fora da área, fazendo um golo espetacular que fez levantar o estádio.

Até final do encontro as substituições feitas no Benfica de Castelo Branco por Ricardo António, apesar de uma reação do Casa Pia, foram o ingrediente necessário e suficiente para o resultado não sofrer alteração.

Vitória sem discussão da melhor equipa em campo que garante, desde já o 2º lugar da zona sul desta fase de subida do Campeonato Nacional de Seniores a um ponto do primeiro, o 1º de Dezembro.

Benfica CB_Casa Pia 01.3.2015 004

Estádio Municipal de Castelo Branco

Árbitro: Bruno Vieira

Auxiliares: Valter Canhita e Luís Diogo (AF Beja)

Benfica CB: Hidalgo, André Cunha, Chileno, Ragner (60, Telmo), Job, Fábio Marinheiro, Fábio Santos, Marocas (88, Tiago Pereira), Dani Matos, João Rui e Samba (78, Carlos André).

Treinador: Ricardo António

Marcadores: João Rui (44) e Dani Matos (70)

Cartão amarelo: Ragner (20) e Dani Matos (71)

Casa Pia: Miguel Soares, Zinho (83, Arcanjo), Coito, Ganhão, Cláudio, Faísca, Gonçalo (68, Jaló), Nelson, Dionísio, Godinho (75, Kenedy) e Freitas.

Treinador: Bruno Baltazar

Marcador: Coito (50)

Arbitragem com pequenos erros técnicos de avaliação mas sem influência no resultado. No capítulo disciplinar, o árbitro deixou jogar, sem ser brando de mais.

 

Comentar