Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Pelotão pedala na “Beira Baixa- Terras de Excelência” a 30 e 31 de maio

Pelotão pedala na “Beira Baixa- Terras de Excelência” a 30 e 31 de maio
José Lagiosa

A primeira edição do Grande Prémio Beira Baixa-Terras de Excelência, em ciclismo, foi apresentada hoje em Castelo Branco e decorre nos dias 30 e 31 de maio.

Na apresentação, o presidente da Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), João Paulo Catarino disse que “o ciclismo possibilita imagens extraordinárias”, pelo que esta prova serve para “promover a marca e o território Beira Baixa”.

“Se esta primeira vez correr bem, vamos continuar”, acrescentou.

Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), chamou a atenção para “o forte interesse turístico” deste tipo de realizações.

“O ciclismo consegue já atrair parte da classe média e média alta”, pelo que este evento “pode ser, vai ser, uma mais-valia para a região”, disse o presidente da federação.

cartaz-GP-BBaixa

O evento alia a alta competição do Grande Prémio Beira Baixa – Terras de Excelência com o desporto de massas do Mediofondo Beira Baixa, a realizar dia 30.

A competição, integrado no programa Cyclin’Portugal, é composta por três etapas num total de 216,7 quilómetros.

O primeiro dia liga Penamacor a Castelo Branco, ao longo de 135 quilómetros, com passagem por Idanha-a-Nova, através de um percurso com duas metas volantes e duas contagens de montanha.

No segundo dia, a competição, reserva duas etapas que prometem grande espectáculo dada a grande dificuldade de ambas.

A abrir o dia temos uma cronoescalada de 4,2 quilómetros, em Vila Velha de Ródão.

Um traçado onde praticamente só existe um contínuo sobe e desce, leva a caravana de Proença-a-Nova até Oleiros num total de 77,5 quilómetros, na tarde de domingo 31.

Paralelamente com a competição, os ciclistas amadores e de lazer, têm a oportunidade de conhecer e experimentar a excelência das estradas e paisagens da região.

Uma prova aberta a federados e a não federados, com 120 quilómetros de um itinerário desafiante que contempla seis sectores de “pavé”, com partida e chegada a Idanha-a-Nova, no dia 30.

O Grande Prémio Beira Baixa-Terras de Excelência e o Mediofondo Beira Baixa são uma organização da CIMBB em parceria com a Federação Portuguesa de Ciclismo e da Associação de Ciclismo da Beira Interior.

 

 

 

Comentar