Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Janeiro 25, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

PS propõe que Governo acompanhe projeto de modernização da Citroen de Mangualde

PS propõe que Governo acompanhe projeto de modernização da Citroen de Mangualde
José Lagiosa

O PS vai levar à discussão e votação no Parlamento um projeto de resolução que recomenda ao Governo o acompanhamento dos projetos de modernização da Citroen de Mangualde, disse à Lusa o deputado José Junqueiro.

De acordo com o deputado socialista José Junqueiro, é fundamental que o Governo dê todo o apoio à modernização da PSA Peugeot Citroën de Mangualde, “nomeadamente naquilo que são os fundos comunitários que estão à disposição”.

“Esperamos reunir o consenso de todas as bancadas parlamentares, na justa medida que a PSA Peugeot Citroën de Mangualde é uma empresa estratégica para a região, mas também para o país”, alegou.

Na quarta-feira será discutido e votado no Parlamento o projeto de resolução n.º 1158/XII/4.ª, apresentado pelos deputados socialistas José Junqueiro, Acácio Pinto, Elza Pais, eleitos pelo círculo de Viseu.

Este projeto de resolução do PS recomenda ao Governo o acompanhamento dos projetos de modernização da Citroen de Mangualde, lembrando que o setor automóvel em Portugal “está sujeito a grande concorrência internacional e a grandes movimentos de deslocalização de empresas”.

“Ao longo dos últimos anos foram muitas as que se perderam, desaparecendo milhares de postos de trabalho. Podem destacar-se, entre outros exemplos, a Renault de Setúbal, a Opel da Azambuja (1.100 colaboradores), a Johnson Control de Nelas (900), a Yazaky de Ovar (mais de 500) e Delphi da Guarda e Castelo Branco (mais de 1.000)”, justificam.

No entender do deputado socialista, o projeto de modernização da Citroen de Mangualde serve para que a empresa se prepare para “continuar a receber novos veículos no futuro, mantendo e criando novos postos de trabalho”.

No projeto de resolução, o PS recomenda ainda que o Governo, “no âmbito do novo quadro comunitário de apoios ao investimento, ajude a criar melhores condições de competitividade para que esta possa continuar a resistir à forte concorrência internacional e a garantir a sua sustentabilidade”.

*Com Lusa

Comentar