Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Séniores de Penamacor fazem visita a museus de Belmonte

José Lagiosa

Os alunos da Academia Sénior de Penamacor realizaram uma visita de estudo a Belmonte.

A importância de enriquecer o saber e engrandecer a cultura, a atividade extra-curricular em ambiente fora de sala de aula, foi o objetivo desta visita à vila berço de Pedro Álvares Cabral.

Os alunos das disciplinas de Restauro e Conservação, Cultura Geral e História Regional e de Penamacor percorreram uma rota com visita a cinco museus em Belmonte, onde cada um conta uma história diferente, desde a era dos descobrimentos, ao judaísmo, passando pela descoberta do Rio Zêzere até ao simples ato de aprender como se produz o azeite, considerado o ouro liquido.

A epopeia das descobertas, associada a outros espaços do museu sobre a língua, a história e a atualidade do Brasil foi a chave que atraiu os alunos da Academia Sénior de Penamacor ao Centro Interpretativo “Á Descoberta do Novo Mundo”, inaugurado em 2009, com salas interativas onde são simuladas naus, o mar alto e as praias brasileiras, tal como foram descobertas.

Os seniores de Penamacor realizaram uma viagem com mais de 500 anos no museu que dá vida à epopeia dos descobrimentos portugueses. Ali puderam tocar, sentir, explorar, conhecer, descobrir e viver uma nova realidade.

????????????????????????????????????

Boa disposição entre os séniores

Já no Museu Judaico, construído com a finalidade de homenagear e dar a conhecer a religião judaica em Portugal e mais concretamente em Belmonte, os alunos observaram um imponente Mezuzah, símbolo da fé judaica. No Museu do Azeite, os visitantes do concelho vizinho, sentiram ainda o cheiro intenso do azeite e conheceram as técnicas de produção do azeite e a importância que este teve na economia local.

 

 

Comentar