Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 16, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Dez regiões com risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta

Dez regiões com risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta
José Lagiosa

Dez regiões do continente, o Funchal (Madeira), Santa Cruz e Ponta Delgada (Açores) apresentam hoje risco muito alto de exposição à radiação ultravioleta, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Braga, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria, Penhas Douradas, Porto, Portalegre, Viana do Castelo e Viseu , estão hoje com risco muito elevado de exposição à radiação ultravioleta (UV).

O IPMA adianta que o Funchal, na Madeira, e Santa Cruz e Ponta Delgada, nos Açores, apresentam igualmente risco muito alto à exposição aos raios ultravioleta.

Para as regiões com níveis muito altos e altos, o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar, assim como evitar a exposição das crianças ao sol.

De acordo com o IPMA, a radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde, caso o nível exceda os limites de segurança, sendo que o índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o baixo e o extremo.

Para hoje, o IPMA prevê períodos de céu muito nublado, tornando-se em geral pouco nublado no litoral a partir do final da manhã, além de aguaceiros e condições favoráveis à ocorrência de trovoada nas regiões do interior, em especial durante a tarde.

O vento fraco será em geral fraco, soprando moderado de noroeste no litoral em especial durante a tarde.

Pequena descida da temperatura máxima nas regiões do interior centro e pequena subida no litoral da região Norte.

As temperaturas máximas vão rondar os 22 graus Celsius no Porto, o que contrasta com os 36 esperados para Beja. Lisboa deverá chegar aos 28 e Faro aos 29. No Funchal são esperados 23 de máxima, enquanto em Angra do Heroísmo são esperados 22 e 24 em Santa Cruz.

*Com Lusa

Comentar