Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 22, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Câmara de Idanha-a-Nova aumenta orçamento para 18 ME em 2016

Câmara de Idanha-a-Nova aumenta orçamento para 18 ME em 2016
José Lagiosa

A Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, de maioria PS, aprovou o orçamento e as opções do plano para 2016, no valor de 18 milhões de euros, com a abstenção do PSD.

“O orçamento tem um crescimento de 10% relativamente ao de 2015. Apesar disso, é um orçamento conservador, atendendo ao momento que se vive no país e ao quadro comunitário que tarda em chegar”, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto.

O autarca adiantou, ainda, que as “grandes prioridades” estão focadas na economia e no social.

“Vamos continuar a apostar na estratégia que definimos em relação à criação de riqueza e emprego no concelho e vamos focar a nossa atuação em programas já lançados como o ‘Recomeçar’ (que visa, essencialmente, fixar jovens no concelho) e no apoio aos novos agentes económicos e aqueles que já se encontram em Idanha-a-Nova”, acrescentou.

Neste âmbito, o autarca realçou as políticas de redução da carga fiscal para as empresas e famílias do concelho que o município tem vindo a praticar.

A educação e a área social são outros setores em que o município vai continuar a investir.

“Vamos continuar a apostar na oferta qualitativa da educação, na saúde, habitação e segurança”, sublinhou o autarca.

Armindo Jacinto realçou, ainda, que a taxa de dívida do município, que se situa nos 22%, “é muito baixa” comparativamente com a de outras câmaras da região e até do país, o que permite ao município ser competitivo.

“É também uma preocupação que nos acompanha, manter o município com sustentabilidade económica e financeira e neste aspeto, a câmara respira saúde”, concluiu.

*Com Lusa

Comentar