Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 10, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Presidente do ACP contesta exagerada carga fiscal nos automóveis

Presidente do ACP contesta exagerada carga fiscal nos automóveis
José Lagiosa

O presidente do Automóvel Clube de Portugal (ACP) contestou, hoje, “a elevadíssima taxa fiscal que onera o automóvel, o que agrava as dificuldades na aquisição de veículos por parte das pessoas”, na receção a Henrique Neto.

Carlos Barbosa falava a propósito da conversa que manteve com o candidato presidencial que visitou a sede do ACP e manteve uma troca de impressões com o dirigente associativo.

Na verdade, poucos sabem que perto de 60% do custo de um carro é para pagar os vários impostos que o Estado cobra.

O sector está em profunda crise, principalmente devido ao incumprimento elevadíssimo por parte de quem contrata a compra a prestações

Segundo dados compilados pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP), é cada vez maior a percentagem de veículos que acabam por ser devolvidos às marcas por incumprimento dos compradores.

“Também a dificultar a mobilidade, as tarifas das autoestradas não fazem sentido por serem caras e injustas porque, na verdade, na maioria dos casos, não existem alternativas razoáveis à sua utilização, acrescentou Carlos Barbosa.

*Foto: www.lusomotores.pt

 

 

 

 

 

 

Comentar