Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Novembro 17, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Sporting da Covilhã e Portimonense empatam sem golos

Sporting da Covilhã e Portimonense empatam sem golos
José Lagiosa

 

Sporting da Covilhã 0 – Portimonense 0

O Sporting da Covilhã e o Portimonense empataram sem golos na 31.ª jornada da II Liga, num encontro em que os algarvios ficaram a jogar com menos um e em que os serranos acertaram com uma bola no poste.

A igualdade acaba por penalizar a formação de Portimão, que segue no quinto lugar, mas foi ultrapassada pelo Famalicão, que foi vencer por 1-0 ao terreno do Académico de Viseu.

A primeira metade foi pautada pelo equilíbrio, sem nenhuma das formações a assumir o comando de um jogo disputado, embora o Sporting da Covilhã tenha conseguido fazer um maior número de investidas.

Logo aos sete minutos, os serranos criaram a melhor ocasião para marcar. Traquina cobrou o livre em zona frontal e Joel, na área, atirou de cabeça a rasar o poste.

Ao minuto 14, Xeka, também de bola parada, fez a bola passar pouco acima da barra da baliza algarvia.

A única situação flagrante da formação de Portimão ocorreu aos 36 minutos, quando Fidelis, de livre, rematou com força junto ao poste.

No reatamento, o Sporting da Covilhã surgiu mais pressionante, constantemente a rondar a área adversária, e aos 50 minutos Diarra introduziu a bola na baliza, mas o árbitro anulou o golo, por considerar ter existido falta sobre o guarda-redes.

Ao minuto 57 os ‘alvinegros’ ficaram a jogar com menos um, após a expulsão de Lucas. Os ‘leões da serra’ passaram a jogar com o bloco alto, em atraques sucessivos, mas o Portimonense mostrava grande coesão defensiva e, em desvantagem numérica, conseguiu criar grande perigo por intermédio de Jadson e depois de Ewerton.

Um minuto antes do tempo regulamentar o serrano Diogo Ribeiro acertou no poste e, dois minutos depois, isolado frente a Ricardo Ferreira, não conseguiu desfazer o empate. No último minuto dos descontos foi Ricardo Pessoa a negar o golo a Traquina e o guardião também defendeu a tentativa de Joel.

 

Jogo no Estádio José Santos Pinto, na Covilhã.

 

Equipas:

– Sporting da Covilhã: Taborda, Tiago Moreira, Massaia, Zé Pedro, Joel¬, Gilberto, Diarra (Elenilson, 87), Xeka (Diogo Ribeiro, 65), Traquina, Davidson (Zé Tiago, 59), Éder Díez.

Suplentes: Igor Araújo, Zé Tiago, Elton, Medarious, Fabinho, Elenilson, Diogo Ribeiro.

Treinador: Francisco Chaló.

– Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Jadson, Lucas, Lumor, Ewerton, Marcel, Fabrício, Zambujo (Fidelis Irhene, 85), Fidelis (Ivo Nicolau, 60), Pires (Carvalhas, 68).

Suplentes: Carlos Henriques, Ivo Nicolau, Carvalhas, Ryuki, Musa Yahaya, Fidelis Irhene, Mamadu.

Treinador: José Augusto.

 

Árbitro: Tiago Antunes (Coimbra).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Fidelis (15), Xeka (27), Lucas (41 e 57), Ivo Nicolau (85), Diogo Ribeiro (90+1), Traquina (90+1). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos a Lucas (57).

Assistência: cerca de 800 espetadores.

*Com Lusa

 

Comentar