Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 4, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Centroliva mantém licença após cumprir obrigações ambientais impostas pelo Governo

Centroliva mantém licença após cumprir obrigações ambientais impostas pelo Governo
José Lagiosa

A empresa Centroliva, de Vila Velha de Ródão, cumpriu todas as obrigações impostas pelo Ministério do Ambiente relativamente à poluição e vai manter a licença de funcionamento.

“A Centroliva deu cumprimento a todas as determinações constantes no mandado”, disse ontem ao final do dia à agência Lusa fonte do Ministério do Ambiente.

A empresa de Vila Velha de Ródão, que se dedica ao processamento de bagaço e produção de energia, tinha sido alvo de um mandado da tutela, no dia 05 de fevereiro, em que lhe foi dado um prazo de 30 dias para “adotar as medidas necessárias” ao exercício da sua atividade “sem incumprimentos ambientais”.

A nota adiantava que, caso não fossem cumpridas essas medidas, a Inspeção-Geral do Ministério do Ambiente determinaria a suspensão da atividade da empresa, visto que já tinha sido alvo de várias inspeções, nas quais foi reiteradamente detetada a prática de contraordenações ambientais muito graves.

Esse prazo dado pelo Ministério do Ambiente terminou na sexta-feira e ontem a empresa foi alvo de uma inspeção por parte da Inspeção-Geral do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT) que verificou o cumprimento integral das medidas determinadas.

À Lusa, o Ministério do Ambiente explicou ainda que a empresa deu nota de que as obras realizadas para dar cumprimento ao mandado rondaram os 50 mil euros.

“Com estes investimentos, a empresa evita assim ser sujeita a processos de contraordenação ambiental”, concluiu a tutela.

 

Comentar