Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Dezembro 12, 2017

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Freamunde e Sporting da Covilhã apoiam recandidatura de Fernando Gomes à FPF

Freamunde e Sporting da Covilhã apoiam recandidatura de Fernando Gomes à FPF
José Lagiosa

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, recebeu hoje mais quatro apoios à recandidatura à liderança do organismo, agora do Freamunde, Sporting da Covilhã e associações de Viana do Castelo e Vila Real.

Segundo a assessoria de imprensa da candidatura de Fernando Gomes, os dois clubes juntam-se a mais cinco emblemas da II Liga que já manifestaram apoio ao líder da FPF, bem como oito da I Liga e uma do Campeonato de Portugal.

Viana do Castelo e Vila Real ‘aliam-se’ a mais nove associações distritais, Sindicato de Jogadores, Associação de Treinadores, e Carlos Marta, presidente da Fundação do Desporto e também candidato em 2011.

“A sua recandidatura é vista como um projeto credível e de sucesso para o futebol português”, salientou a administração do Freamunde, sexto classificado na II Liga de futebol, em comunicado divulgado no sítio oficial do clibe.

Do lado do Sporting da Covilhã, a direção do clube serrano referiu mesmo um apoio incondicional a Fernando Gomes, congratulando-se com a sua continuidade, e falou em “exemplo a seguir por outras instituições desportivas”.

Jorge Sarriá, presidente da AF de Viana do Castelo, sublinhou que Fernando Gomes fez “um grande mandato” a “apoiou sempre o futebol amador e o futebol distrital”.

“Estou completamente de acordo com a candidatura do Dr. Fernando Gomes. Na primeira vez em que se candidatou não votei nele, votei na outra lista, porque tinha a convicção de que esse projeto era mais seguro para as associações. Mas nenhum desses temores se confirmou”, referiu Jorge Sarriá.

António Silva, líder da AF de Vila Real, disse que o organismo “tem todo o gosto em apoiar a continuidade” do projeto de Fernando Gomes, “tendo em conta o trabalho que desenvolveu nos últimos quatro anos”.

“A AF de Vila Real revê-se no projeto do Dr. Fernando Gomes. A proximidade que tem mantido com as associações e o trabalho que com elas tem feito faz-nos sentir mais representados no futebol nacional. Além disso, o presidente da FPF realizou um trabalho importante para a credibilização do futebol português em termos internacionais, coroado com a sua eleição para o Comité Executivo da UEFA”, lembrou António Silva.

Fernando Gomes é, para já, o único candidato às eleições da FPF, marcadas para 04 de junho.

O dirigente, de 64 anos, é o presidente da FPF desde 2011 e integra o Comité Executivo da UEFA. Antes, foi presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, entre 2010 e 2011, tendo também liderado a Liga de Clubes de Basquetebol e sido dirigente do FC do Porto entre 1994 e 2010.

 

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, recebeu hoje mais quatro apoios à recandidatura à liderança do organismo, agora do Freamunde, Sporting da Covilhã e associações de Viana do Castelo e Vila Real.

Segundo a assessoria de imprensa da candidatura de Fernando Gomes, os dois clubes juntam-se a mais cinco emblemas da II Liga que já manifestaram apoio ao líder da FPF, bem como oito da I Liga e uma do Campeonato de Portugal.

Viana do Castelo e Vila Real ‘aliam-se’ a mais nove associações distritais, Sindicato de Jogadores, Associação de Treinadores, e Carlos Marta, presidente da Fundação do Desporto e também candidato em 2011.

“A sua recandidatura é vista como um projeto credível e de sucesso para o futebol português”, salientou a administração do Freamunde, sexto classificado na II Liga de futebol, em declarações à assessoria de imprensa da candidatura.

Do lado do Sporting da Covilhã, a direção do clube serrano referiu mesmo um apoio incondicional a Fernando Gomes, congratulando-se com a sua continuidade, e falou em “exemplo a seguir por outras instituições desportivas”.

Jorge Sarriá, presidente da AF de Viana do Castelo, sublinhou que Fernando Gomes fez “um grande mandato” a “apoiou sempre o futebol amador e o futebol distrital”.

“Estou completamente de acordo com a candidatura do Dr. Fernando Gomes. Na primeira vez em que se candidatou não votei nele, votei na outra lista, porque tinha a convicção de que esse projeto era mais seguro para as associações. Mas nenhum desses temores se confirmou”, referiu Jorge Sarriá.

António Silva, líder da AF de Vila Real, disse que o organismo “tem todo o gosto em apoiar a continuidade” do projeto de Fernando Gomes, “tendo em conta o trabalho que desenvolveu nos últimos quatro anos”.

“A AF de Vila Real revê-se no projeto do Dr. Fernando Gomes. A proximidade que tem mantido com as associações e o trabalho que com elas tem feito faz-nos sentir mais representados no futebol nacional. Além disso, o presidente da FPF realizou um trabalho importante para a credibilização do futebol português em termos internacionais, coroado com a sua eleição para o Comité Executivo da UEFA”, lembrou António Silva.

Fernando Gomes é, para já, o único candidato às eleições da FPF, marcadas para 04 de junho.

O dirigente, de 64 anos, é o presidente da FPF desde 2011 e integra o Comité Executivo da UEFA. Antes, foi presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, entre 2010 e 2011, tendo também liderado a Liga de Clubes de Basquetebol e sido dirigente do FC do Porto entre 1994 e 2010.

*Com Lusa

Comentar