Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Maio 27, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Ponto de Vista… por António Mateus Dias

Ponto de Vista… por António Mateus Dias
José Lagiosa

Um partido diferente com políticas diferentes

Como candidato a deputado pelo PURP – Partido Unido dos Reformados e Pensionistas e cabeça de lista por Lisboa, um partido que tinha sido aprovado muito em cima das eleições, que sem meios se meteu na aventura de concorrer às eleições, mas continuo a pensar que foi bom, apresentamos propostas inéditas e que no futuro irão alterar a política em Portugal.

António Mateus Dias

António Mateus Dias

O PURP representa um quadro muito abrangente de pessoas, desde os reformados/pensionistas, ex-combatentes, desempregados, precários, jovens, tivemos muitos que nos deram o seu apoio, porque viram o que lhes aconteceu aos pais e avós, uma carga de austeridade em cima deles.

O PURP apresentou algumas propostas, que passo a descrever, uma redução nas despesas de funcionamento da Presidência e Assembleia da Republica em 30% e redução nos vencimentos de toda a classe politica em 30% a exemplo da Europa em crise!

Também o dia do combatente e o respetivo estatuto, saúde e uma educação igual para todos, e relativamente aos de menores recursos totalmente gratuita, as pensões mais baixas do regime contributivo se aproximassem o mais possível do salário mínimo, investigação nos casos de corrupção e má gestão e compadrio, pelas entidades de investigação e judiciais.

Mas também defendi e defende o partido que o estado, não deve tirar dinheiro dos fundo da Segurança Social, para outros fins, auditoria seria à divida e investigações judiciais, nas falências dos bancos.

O PURP rege-se pelos princípios constitucionais da democracia e da Republica, defendendo os valores da dignidade humana, da liberdade, partido sem ideologias, defende causas, pessoas e o bem comum é contra as políticas de austeridade.

Qualquer membro do PURP, basta solicitar esse desejo, pode assistir às reuniões da comissão política, portanto um partido diferente com políticas diferentes!

*António Mateus Dias, fundador do PURP

 

 

Comentar