Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 17, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

BE questiona Governo sobre apoios aos produtores de cereja do Fundão

BE questiona Governo sobre apoios aos produtores de cereja do Fundão
José Lagiosa

O Bloco de Esquerda (BE) questionou o Governo sobre as medidas que pretende adotar para apoiar os produtores de cereja do Fundão, onde a produção foi afetada pelo mau tempo registado no último mês.

Numa pergunta dirigida ao Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, a que a Lusa teve hoje acesso, os deputados Carlos Matias e Pedro Soares sublinham que as más condições meteorológicas, sobretudo a forte queda de chuva, provocaram “uma enorme queda da produção de cereja”.

“A precipitação foi tal que a cereja começou a rachar mesmo antes de poder amadurecer. Nalgumas variedades deste fruto há mesmo uma perda total ou a rondar os 80%”, sustentam.

Carlos Matias e Pedro Soares referem ainda que numa situação normal a cereja já deveria ter sido enviada para venda em todo o país, mas as melhores perspetivas só apontam o final do mês de maio como data provável de recolha.

Além disso, explicam, citando os agricultores locais, os seguros não cobrem este tipo de situações.

“Tal situação provocará, como toda a certeza, uma brutal perda de rendimentos nos agricultores e trabalhadores da cultura de cereja”, afirmam.

Os deputados do BE recordam que, segundo informações da Câmara Municipal do Fundão referentes ao ano passado, este setor representa cerca de 20 milhões de euros na região.

Na semana passada, produtores de cereja da zona disseram à Lusa que o mau tempo está a provocar “uma quebra muito significativa”, que em algumas variedades é total.

Segundo um dos produtores, os atrasos e as perdas estão a ser essencialmente provocados pelo frio e pela chuva intensa que se verificaram não só nos últimos dias, mas também na altura da floração, o que impediu um normal desenrolar do processo de polinização e o consequente desenvolvimento do fruto.

*Lusa

Comentar