Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Janeiro 23, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Aldeias do Xisto e AICEP parceiros para a internacionalização

José Lagiosa

A rede de Aldeias do Xisto e a AICEP – Agência para o Investimento e o Comércio Externo de Portugal vão unir-se numa estratégia comum que visa a internacionalização da marca Portugal.

O protocolo de parceria resulta de uma colaboração informal que já estava a ser realizada entre a ADXTUR – Agência para o desenvolvimento turístico das Aldeias do Xisto e a AICEP e será assinado na quinta-feira, na aldeia de xisto de Janeiro de Cima, concelho do Fundão.

Em declarações à agência Lusa, o coordenador da ADXTUR, Rui Simão, adiantou que o principal objetivo desta colaboração se prende com a “internacionalização da marca Portugal, mas qualificando a perceção de valor que é atribuída às suas marcas territoriais”, com especial enfoque para a marca ‘Aldeias de Xisto’ e para as marcas representadas no âmbito desta rede.

“Desde logo podemos vir a desenvolver mecanismos novos de apoio à atração e até à fixação de estrangeiros através de projetos em áreas técnicas, científicas, artísticas e que podem passar pelo acolhimento de estrangeiros em residências criativas ou pelo estabelecimento de parcerias para acolher, por exemplo, estudantes em contexto de mobilidade internacional ou a participação e integração de redes internacionais muito ligadas ao design e ao ‘craft design’, entre outras”, adiantou Rui Simão.

Este responsável sublinhou que essa linha de atração de estrangeiros está já definida no protocolo e que será seguida com base em projetos concretos, como por exemplo na área da cerâmica ou na área do artesanato ou ao nível da fotografia ou mesmo do teletrabalho.

“A lógica não é atrair por atrair, mas sim atrair com objetivos de natureza projetual. Queremos que haja pelo menos um trabalho de proximidade e parceria com as gentes locais, que alimente este fluxo de saberes e competências”, sublinhou.

Segundo explicou, a parceria também prevê que a rede de Aldeias do Xisto possa integrar missões internacionais em mercados onde a AICEP opera que sejam considerados relevantes em termos de oportunidade de atração de investimento.

“Há ainda uma outra linha que passa pela identificação e participação conjunta em certames internacionais que tenham interesse em termos da comercialização de bens e serviços produzidos nos territórios das Aldeias de Xisto”, acrescentou.

Nesse sentido, a primeira ação que este protocolo concretizará passa pela participação conjunta no evento Tent London – Feira de Design de Londres, que decorre em setembro e onde as Aldeias de Xisto participarão com um conjunto de artefactos dos projetos “Craft + Design+identidade: Água Musa2, “L4Craft”, e “Agricultura Lusitana”.

“Estaremos muito orientados para o que podem ser argumentos que o mundo rural português pode juntar àquilo que são as imagens já associadas à marca Portugal”, disse, lembrando que, em 2015, e já no âmbito da colaboração mais informal com o AICEP, a Aldeias do Xisto também marcou presença na EUNIQUE – Feira de Arte e Design Aplicado, na Alemanha.

A Rede das Aldeias do Xisto integra 27 aldeias do interior da região Centro de Portugal e trata-se de um projeto de desenvolvimento sustentável, de âmbito regional, liderado pela ADXTUR, em parceria com 21 municípios e com cerca de 100 operadores privados.

*Lusa

 

Comentar