Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Dezembro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Alfredo da Silva revisita a sua própria história em “Uma Vida por dois Continentes”

Alfredo da Silva revisita a sua própria história em “Uma Vida por dois Continentes”
José Lagiosa

O economista Alfredo da Silva Correia, apresentou ao fim da tarde de sexta feira, dia 17 de junho, na Biblioteca Municipal em Castelo Branco, o seu livro “Uma Vida por dois Continentes”, obra autobiográfica.

Perante um auditório repleto de amigos e familiares viveu-se um fim de tarde pleno de sentimentos e emoções fortes.

João Carrega (RVJ), Alfredo da Silva Correia e Maria de Lurdes Barata

João Carrega (RVJ), Alfredo da Silva Correia e Maria de Lurdes Barata

Maria de Lurdes Barata, convidada a apresentar a obra, remeteu-nos por uma viagem desde a infância do autor até aos dias de hoje numa revisita de um trajeto onde foi realçando algumas facetas, através das palavras escritas de Alfredo da Silva sobre os momentos mais duros, isolados e os de cariz de uma realização pessoal e profissional após a descolonização, por terras da Beira Baixa.

Beira Baixa, ponto de partida, Beira Baixa ponto de chegada, com Moçambique a ser o denominador comum entre ambas, foi esta a deixa para uma intervenção emocionada, sentimental mesmo, do autor que não deixou de contagiar o seu próprio filho, o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia.

Alfredo da Silva, professor, economista, gestor, dirigente associativo, revela nesta obra, igualmente, uma veia literária que muitos não imaginariam.

A obra é complementada com “Uma visão do Estado da Nação”, através da qual, Alfredo da Silva dá o seu testemunho sobre o que pensa sobre o futuro de Portugal e da sua economia.

A edição é da  RVJ de Castelo Branco.

 

Comentar