Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Setembro 26, 2017

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Defesa de Ricardo Salgado confirma multa de 4 ME e vai apresentar recurso

Defesa de Ricardo Salgado confirma multa de 4 ME e vai apresentar recurso
José Lagiosa

O Banco de Portugal aplicou uma multa de quatro milhões de euros a Ricardo Salgado, no âmbito do processo de contraordenação instaurado pelo supervisor a 15 administradores do BES, confirmou hoje à Lusa o advogado do ex-presidente do banco.

A notícia sobre a aplicação da multa ao antigo presidente do Banco Espírito Santo (BES) foi avançada inicialmente pela edição ‘online’ do semanário Expresso e confirmada à Lusa pelo advogado Francisco Proença de Carvalho.

O advogado disse ainda à Lusa que “só hoje foram notificados da decisão do Banco de Portugal” mas vão apresentar recurso “oportunamente”.

Numa declaração escrita divulgada após a publicação da notícia pelo Expesso, Francisco Proença de Carvalho afirma tratar-se de “uma decisão de uma parte interessada, que estava já pré-definida antes do suposto apuramento dos factos”.

“Isto não é um processo, é uma farsa”, considerou o advogado.

De acordo com o Expresso, além da multa, Ricardo Salgado fica “inibido de exercer qualquer atividade no setor financeiro pelo período de dez anos, no âmbito do processo de contraordenação instaurado pelo supervisor a 15 administradores do banco”.

A condenação de Salgado resulta, segundo o jornal, “da investigação do Banco de Portugal sobre a colocação em larga escala de dívida (papel comercial) da Espírito Santo International (ESI) junto de clientes do BES e da gestora de ativos do grupo, a ESAF – Espírito Santo Activos Financeiros”.

As condenações do Banco de Portugal são passíveis de recurso para os tribunais.

*Lusa

Comentar

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.