Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 17, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Equipa da Covilhã realiza cirurgia rara para tratamento da luxação congénita da anca

Equipa da Covilhã realiza cirurgia rara para tratamento da luxação congénita da anca
José Lagiosa

Uma equipa do Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB), Covilhã, realizou uma cirurgia rara de elevada complexidade e rigor para o tratamento da luxação congénita da anca bilateral, anunciou hoje esta unidade hospitalar.

Em comunicado, o CHCB especifica que a cirurgia passou pela “colocação de uma prótese altamente inovadora para tratamento da luxação congénita da anca bilateral”.

“A utente submetida a este procedimento, extremamente exigente no campo da cirurgia da anca, tem 54 anos, é desde o nascimento portadora desta patologia que ao longo da vida lhe tem provocado falta de estabilidade, dificuldades na marcha, perda acentuada de qualidade de vida e dor incapacitante”.

Segundo o referido, a utente já tinha procurado, sem sucesso, várias soluções terapêuticas.

Citado na nota de imprensa, o cirurgião ortopédico que conduziu o procedimento, António Figueiredo, explica que esta cirurgia, “além de não ser comum, é muito gratificante”, por permitir dar ao doente “uma qualidade de vida que nunca teve, sem dor e com uma rotação anatómica que nunca conheceu”.

“Tratou-se de uma cirurgia rara num hospital que tem todas as condições físicas, humanas e tecnológicas necessárias a este e outros procedimentos de grande envergadura e diferenciação”, acrescenta o especialista.

*Lusa

Comentar