Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 12, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Sporting da Covilhã apresenta orçamento de 823 mil euros

José Lagiosa

O orçamento do Sporting da Covilhã para a próxima época, no valor de 823 mil euros, foi apresentado na quarta-feira aos sócios do clube da II Ligade futebol, em Assembleia-Geral.

A previsão de receitas da Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ) do emblema serrano é 162 mil euros superior ao valor do ano passado. Ainda assim, o presidente, José Mendes, afirma ser o mais baixo orçamento da II Liga.

A maioria dos proveitos, 500 mil euros, são esperados dos direitos televisivos. Os gastos totais estão orçados em 798 mil euros, o que se traduz num saldo positivo expectável de cerca de 25 mil euros.

José Mendes assumiu, no jantar de aniversário do clube, que os ‘leões da serra’ são candidatos à subida à I Liga, mas os sócios questionaram se é possível a equipa tornar-se mais competitiva se a despesa orçamentada com salários sofre apenas um ligeiro aumento.

O dirigente frisou que “os orçamentos não fazem campeões” e prometeu “fazer uma grande equipa com pouco dinheiro”.

O importante, salienta José Mendes, é o clube “não mudar a sua agulha” de uma gestão rigorosa, que lhe permite não dever “nada a ninguém”.

Para já, ainda não são conhecidos reforços. Questionado pelos sócios sobre as novas aquisições, o dirigente respondeu que só serão revelados na próxima sexta-feira, dia do primeiro treino da equipa.

O presidente do clube serrano informa que o plantel vai ser composto por 23 jogadores. Dez que transitam da época passada, três jogadores que alinhavam na equipa B e mais dez reforços.

José Mendes acrescentou ter mercado para Diarra e Davidson, mas explicou não querer vender para “tentar lutar pela subida”.

Na reunião magna, os cerca de 40 associados presentes aprovaram, por unanimidade, o orçamento do clube, no valor de 177 mil euros e que prevê um saldo positivo de 6.550 euros.

*Lusa

Comentar