Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Março 28, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Sporting da Covilhã elimina Desportivo das Aves nas grandes penalidades

José Lagiosa

Desportivo das Aves – Sporting da Covilhã, 1-1 (4-5 gp)

O Sporting da Covilhã apurou-se hoje para a segunda fase da Taça da Liga de futebol, ao vencer o Desportivo das Aves por 5-4 no desempate por grandes penalidades, após 1-1 no tempo regulamentar.

O Aves chegou à vantagem na primeira vez que atirou à baliza, logo ao terceiro minuto, numa finalização de Pedró, respondendo na segunda parte Éder Diez, igualando aos 68, num desfecho que atirou a decisão da partida para as grandes penalidades.

Um golo de Pedró, após assistência de Alexandre Guedes, deu o melhor início à equipa da Vila das Aves, que ficou perto de ampliar a vantagem ao minuto oito, mas Guedes, que recebeu na área de Theo Mendy, preferiu o drible ao remate, desperdiçando o lance.

A equipa serrana, até então lenta quando em posse de bola, corrigiu a sua atitude e, até ao intervalo, construiu ocasiões suficientes para a reviravolta.

Éder Diez (18 e 39), Luís Pinto (25) podiam ter empatado, mas a falta de pontaria, em dois deles, e Quim, numa defesa excelente ao livre direto de Luís Pinto, evitaram que o marcador voltasse a funcionar.

A segunda parte continuou animada, com o perigo a rondar ambas as balizas, primeiro num pontapé de Luís Pinto (53) ao lado, respondendo Nélson Pedroso (57) num livre direto superiormente desviado por Igor Rodrigues.

O Covilhã chegou ao empate na recarga de Éder (68) a um primeiro remate de Pinto, que Quim defendeu para a frente, com o Aves, logo depois, a poder desfazer a igualdade, mas Igor impôs-se no penálti cobrado por Guedes (75).

O jogo acabou por decidir-se na marcação de grandes penalidades, com Zé Tiago a atirar sobre a barra no 12.º pontapé e a entregar a qualificação à sua antiga equipa.

Jogo no Estádio do CD Aves, na Vila das Aves.

Ao intervalo: 1-0.

No final do tempo regulamentar: 1-1.

Marcadores:

1-0, Pedró, 03 minutos.

1-1, Éder Diez, 68.

Marcadores das grandes penalidades:

0-1, Mike Moura.

1-1, Nélson Pedroso.

1-1, Bilel (ao lado).

2-1, Alexandre Guedes.

2-2, Davidson.

2-2, Leandro (ao poste).

2-3, Éder Diez.

3-3, João Pedro.

3-4, Zé Pedro.

4-4, Pedró.

4-5, Zarabi.

4-5, Zé Tiago (sobre a barra).

Equipas:

– Aves: Quim, Renato Reis, Tiago Valente, João Pedro, Nélson Pedroso, Ericson, Pedró, Tarcísio (Zé Tiago, 61), Theo Mendy, Femi e Alexandre Guedes.

(Suplentes: Marco Pinto, Romaric, Zé Valente, Zé Tiago, Leandro e Barry).

Treinador: Ivo Vieira.

– Covilhã: Igor Rodrigues, Mike Moura, Zarabi, Joel, Soares (Zé Pedro, 46), Gilberto, Diarra, Davidson, Pintassilgo (Bilel, 46), Luís Pinto (Fabinho, 72) e Éder Diez.

(Suplentes: Igor, Zé Pedro, Medarious, Fabinho, Diogo Gaspar, Bilel e Adriano).

Treinador: Leandro Monteiro.

Árbitro: André Neto (Porto).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Zé Pedro (53) e Igor Rodrigues (74).

Assistência: cerca de 700 espetadores.

*Lusa

 

Comentar