Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Taça Cidade de Castelo Branco de judo homenageia João Romão

Taça Cidade de Castelo Branco de judo homenageia João Romão
José Lagiosa

A 32ª Taça Cidade de Castelo Branco “Memorial João Romão” de judo, teve lugar no passado dia 2 de julho, no Pavilhão Municipal de Castelo Branco.

Trata-se da ‘Prova Rainha’ do calendário distrital e uma das provas mais antigas do calendário nacional.

Esta competição, a contar para o ranking nacional de séniores, para além de promover o judo, tem também como objetivo homenagear o “saudoso” João Romão, que organizou a primeira edição desta prova e foi um dos pioneiros do judo albicastrense.

A organização esteve a cargo da Associação Distrital de Judo de Castelo Branco e contou com a colaboração da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Para além da importante representação de judocas de todo o país (Continente e Ilhas), contou ainda com a presença de quatro clubes do distrito,  Academia de Judo de Castelo Branco, Escola de Judo Ana Hormigo, Projecto Ippon e o Atlético Clube Fundanense.

Os atletas do distrito obtiveram bons resultados sendo de destacar os 2ºs lugares de Sílvio Monteiro (EJAH), na categoria de -66kg, Guilherme S. Pedro (AJCB), na categoria de -90kg, Ricardo Louro (EJAH), na categoria de +90kg, Gerusa Vaba (AJCB), na categoria de -52kg e os 3º lugares de João Serrasqueiro (EJAH) e Pedro Fasutino (AJCB), ambos na categoria de -66kg, e ainda, Davide Cristovão (AJCB) e Adilson Faria (AJCB), os dois na categoria de -81kg, e Francisco Matos (AJCB) na categoria de +90kg.

Participaram ainda os atletas Horácio Carvalhinho (EJAH) André Pinho (AJCB) e Michael Martins (ACF) na categoria de -66kg, Luís Santos (ACF) -73kg, Cristovão Cameira (PI) e Waldir Vigário (AJCB), na categoria de 81kg.

A prova de equipas teve como grande vencedor o Sporting Clube de Portugal, completando o pódio a Associação Académica de Coimbra, em segundo lugar por clubes, e a Universidade Lusófona, em terceiro lugar.

 

 

 

 

Comentar