Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Março 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

André Silva recebe Dragão de Ouro e promete empenho pelo título nacional

André Silva recebe Dragão de Ouro e promete empenho pelo título nacional
José Lagiosa

André Silva recebeu ontem à noite o prémio Dragão de Ouro para atleta revelação do ano do FC Porto e desvalorizou as fasquias pessoais, prometendo empenho na luta pelo título de campeão nacional de futebol.

O jovem atleta do FC Porto, que esta época é titular indiscutível para Nuno Espírito Santo na equipa principal, mostrou-se orgulhoso do troféu recebido hoje na gala que deccoreu no Coliseu do Porto salientou o trabalho desempenhado na equipa B.

“Sinto-me orgulhoso por receber este prémio. Reflete o trabalho que fiz na equipa B do FC Porto e que culminou, ainda na época passada, na equipa principal. Agradeço aos meus companheiros este prémio. Conquistei este prémio graças ao trabalho”, começou por dizer André Silva, que se mostrou ainda confiante no futuro: “O que interessa é o que ainda está para vir. Não interessam as fasquias [pessoais]. Quem está no Porto sabe que está obrigado a vencer. Fasquias? O que interessa é o trabalho”.

Para o futuro André Silva tem uma ambição: “Espero um dia ser o melhor ponta de lança de sempre. Tenho se sonhar alto. A verdade é que não imaginava fazer isto”.

O médio Danilo, distinguido com o Dragão de Ouro para futebolista do ano, sublinhou que viveu “um sonho” ao assinar pelo FC Porto e ao conquistar o Campeonato da Europa.

Para além disso, o atleta revelou que o principal objetivo é ajudar o clube a conquistar troféus.

“Quero dar ao FC Porto títulos. Os prémios individuais virão depois”, disse Danilo admitindo ainda que “este ano a equipa está muito estável e só assim poderá atingir os objetivos”.

Luís Castro, técnico da equipa B de futebol, que na época passada sagrou-se campeã da II Liga, mostrou-se orgulhoso com a distinção de treinador do ano.

“Sempre que olhar para o meu Dragão de Ouro, vou lembrar-me sempre de uma época inesquecível, talvez irrepetível, e de um clube que entra no nosso coração”, admitiu.

A gala dos Dragões de Ouro realizou-se no Coliseu do Porto e contou com a presença, entre outros, do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, e do presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, Pedro Proença.

*Lusa

 

Comentar