Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Junho 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Oito dezenas de participantes animam IX Encontro de Escalada em Proença-a-Nova

Oito dezenas de participantes animam IX Encontro de Escalada em Proença-a-Nova
José Lagiosa

Os sectores da Lagoa Verde, Placa Amarela e A Terra dos Grifos foram os escolhidos para receber o IX Encontro de Escalada de Proença-a-Nova que decorreu no último fim de semana, junto ao monumento Portas de Almourão, em Sobral Fernando.

Dos 82 participantes nesta iniciativa, 20 pessoas experimentaram a adrenalina de escalar pela primeira vez, ficando a conhecer de mais perto este desporto que é praticado com todas as condições de segurança acauteladas.

“A procura tem sido cada vez maior por parte dos habitantes do concelho, uma vez que muitos nunca tiveram o contacto com a rocha neste tipo de desporto. O aumento de visitantes tem como principal causa a participação nos encontros de escalada realizados ao longo dos últimos anos, em que muitas pessoas aproveitam para experimentar acabando por começar a escalar regularmente”, refere José Santos, dinamizador da Escola de Escalada.

A participação internacional também se tem mantido, com a presença este ano de quatro escaladores alemães, um austríaco e um belga.

Os desportistas profissionais privilegiam a componente técnica das vias, que têm diferentes níveis de dificuldades, e ainda a envolvente paisagística desta zona do concelho.

Aspeto do ponto de início da escalada

Aspeto do ponto de início da escalada

Os sectores da Escola de Escalada estão integrados num ranking mundial que resulta das indicações de escaladores de todo o mundo ao partilharem online dados sobre as vias que conheceram.

Uma vez que a escola é usada em regime livre, não sendo possível a contabilização dos visitantes, as partilhas no ranking acabam por ser um bom indicador da utilização. “Futuramente são vários os projetos em vista. Em relação ao concelho, a ideia centra-se na abertura de outro setor de escalada entre o Chão do Galego e o Sobral Fernando e, havendo mais projetos em diferentes municípios, um dos objetivos é criar mais zonas de escalada no centro do país para no futuro organizar um roteiro”, refere José Santos.

Este evento, promovido pelo Município de Proença-a-Nova, tem permitido divulgar as duas zonas de escalada do concelho (Portas de Almourão e Buraca da Moura) potenciando esta atividade que pode ser feita em qualquer altura do ano, há exceção dos setores “A Terra dos Grifos” e “Placa Amarela” entre os meses de janeiro e junho, por ser a época de nidificação dos grifos.

No último fim de semana do mês de outubro de 2017, está prevista a realização do X Encontro de Escalada que contará com algumas novidades.

 

Comentar