Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Maio 26, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Mais de 100 alunos da Sertã concorrem ao Projeto “Heróis da Fruta”

José Lagiosa

Pelo terceiro ano, a Câmara Municipal da Sertã candidatou escolas do concelho ao projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”.

É uma iniciativa promovida pela Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI), considerada a maior iniciativa gratuita de educação para a saúde de âmbito nacional com uma das maiores taxas de sucesso de sempre em reeducação alimentar infantil.

“Está comprovado que a aplicação do modelo pedagógico dos heróis da fruta aumenta em pelo menos 42% o consumo de fruta no lanche escolar das crianças que nele participam”, afirmou Mário Silva, presidente e fundador da APCOI, sublinhando ainda que “nas últimas edições tivemos participações de todos os distritos e regiões autónomas, mas a nossa meta é chegar a todas as escolas do país”.

 

A Câmara Municipal da Sertã aderiu a esta iniciativa, tornando-se “Autarquia Parceira” da 6ª edição do projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, tendo inscrito 103 alunos do Concelho: 46 alunos do Agrupamento de Escolas da Sertã (26 alunos da Escola Básica do Castelo e 20 alunos da Escola Básica da Cumeada) e 57 crianças do Jardim de Infância do Centro Social São Nuno de Santa Maria.

Para José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã, “a implementação de iniciativas deste género, possibilita uma progressiva melhoria da qualidade de vida das crianças, neste caso no que diz respeito à saúde, ao mesmo tempo que as dotam de mecanismos que as tornarão em adultos responsáveis e conscientes da importância das suas ações”.

A adesão à iniciativa “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, pelo terceiro ano consecutivo, surge como complemento ao programa Regime de Fruta Escolar desenvolvido pela Câmara Municipal da Sertã nos estabelecimentos do 1.º ciclo do ensino básico: duas vezes por semana é oferecida a cada aluno uma peça de fruta ou legume (tomate ou cenoura) ao lanche. Havendo ainda algum trabalho a fazer neste âmbito, tem sido notório o aumento do consumo de fruta pelos alunos do concelho.

O projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» regressou às escolas no início do ano letivo 2016/2017 para prevenir uma realidade preocupante: 74% das crianças portuguesas não ingere fruta na quantidade recomendada diariamente, das quais 7% não consome qualquer porção de fruta por dia. Este baixo consumo de fruta provoca carências nutricionais e tem efeitos muito negativos para a saúde: diminui os níveis de energia, de concentração, de aprendizagem e das defesas do organismo, tornando as crianças mais sujeitas a doenças como a obesidade ou a diabetes tipo 2, logo desde a infância. Portugal está entre os países europeus com maior número de crianças afetadas por esta epidemia mundial: uma em cada três crianças portuguesas tem excesso de peso.

A edição deste ano é dedicada ao tema “Festas saudáveis”, com o objetivo de incentivar alunos e encarregados de educação a tornar os dias de festa mais saudáveis. Para além dos prémios entregues aos vencedores do “Hino da Fruta”, mais de 80 escolas irão receber visitas de nutricionistas e outros técnicos das entidades parceiras do projeto através da dinamização de workshops e aulas divertidas para as crianças.

 

 

Comentar