Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 7, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Penamacor recebeu hoje Galardão Carta Europeia de Turismo Sustentável no Parlamento Europeu

José Lagiosa

O Município de Penamacor, a par dos seus congéneres portugueses de Almeida e Sabugal receberam, hoje, no Parlamento Europeu em Bruxelas, os Galardões Carta Europeia de Turismo Sustentável.

Na mesma cerimónia, o mesmo prémio atribuído pela Fundação EUROPARC, foi entregue a autarcas de Espanha e Grécia.

A Portugal o prémio foi atribuído ao “Gata-Malcata Terras do Lince”.

A Grécia foi premiada pelo National Park of Tzoumerka, Peristeri and Arachthos Gorge Chelmos Vouraikos National Park & Unesco Global Geoparke Espanha viu reconhecido o Parc Natural del Montgrí, les Illes Medes i el Baix Ter Parc Natural de Montsant.

Recorde-se que a Carta Europeia de Turismo Sustentável ‘Gata-Malcata Terras do Lince’ foi validada após vários meses de reuniões/fóruns, preparação do plano de acção e documento estratégico, e após visita do auditor no passado mês de Maio.

A iniciativa partiu dos municípios de Almeida, Penamacor e Sabugal e envolveu um vasto leque de agentes, que se mobilizaram e envolveram naquela que é a certificação que reconhece as estratégias de turismo sustentável em áreas protegidas na Europa.

Para os presidentes das três autarquias, António Baptista Ribeiro, António Luís Beites Soares e António dos Santos Robalo, este foi um passo de extrema importância para a coesão territorial e para o desenvolvimento turístico deste território.

A cooperação e o trabalho em rede que este projeto exige para a sua sustentabilidade têm sido determinantes e espera-se que se perpetuem no tempo, pois o ‘galardão’  é válido por cinco anos e após esse prazo será novamente reavaliado o trabalho.

Os autarcas não só louvam a certificação atribuída pela Federação EUROPARC, como também sublinham o apoio incondicional dos parceiros e entidades envolvidas, organizados por grupos temáticos, sendo estes os principais dinamizadores e embaixadores da região.

Da CETS “Gata-Malcata Terras do Lince” fazem parte várias ações, a cargo dos seguintes executores, Câmara Municipal de Almeida, Territórios do Côa – Associação de Desenvolvimento Regional, Agência de Desenvolvimento para a Sociedade da Informação, Agrupamento de Escolas Ribeiro Sanches – Penamacor, Associação de Municípios da Cova da Beira, Associação Empresarial do Sabugal, Associação Iberlinx, Associação Transcudania, Fórum Florestal, Instituto Politécnico da Guarda, Quinta dos Rebolais, Refúgio no Campo; Turismo Centro de Portugal, E.R., Universidade da Beira Interior e Viúva Monteiro & Irmão.

De salientar que a gestão, coordenação e monitorização da CETS é assumida pela Territórios do Côa, Associação de Desenvolvimento Regional.

Para a comunidade de entidades envolvidas no projeto a Carta Europeia de Turismo Sustentável “Gata-Malcata Terras do Lince” representa o reconhecimento de um território de elevado potencial, onde a Natureza e a Paisagem se harmonizam num diálogo profundo com os nossos magníficos produtos e a arte de bem receber das nossas gentes.

 

 

Comentar