Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 19, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Ribeira de Pena requalifica localidade onde viveu Camilo Castelo Banco

Ribeira de Pena requalifica localidade onde viveu Camilo Castelo Banco
José Lagiosa

A Câmara de Ribeira de Pena tem em curso um projeto de reabilitação urbana em Friúme para aumentar a atratividade turística desta localidade ligada à história do escritor Camilo Castelo Branco.

A autarquia continua a apostar no nome do escritor para promover e atrair visitantes a este concelho do distrito de Vila Real.

Camilo Castelo Branco viveu em Friúme após ter casado e a casa onde viveu foi transformada num núcleo museológico.

O presidente da autarquia, Rui Vaz Alves, referiu hoje que este é um dos locais mais visitados do concelho e, por isso, o município tem em curso um projeto de reabilitação urbana, que representa um investimento de 194 mil euros, comparticipado em 85% pelo FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A obra visa a promoção da “qualidade ambiental, urbanística e paisagística desta zona do concelho onde viveu Camilo Castelo Branco, de modo a melhorar o bem-estar da população residente e aumentar a atratividade turística”.

Os trabalhos passam pela intervenção nos arruamentos principais, instalação subterrânea das infraestruturas elétricas e de telecomunicações, substituição da rede de abastecimento de água, e reorganização da rede de drenagem de águas pluviais.

Está ainda prevista a criação de uma zona multifuncional que permitirá a realização de eventos e a ordenação do espaço confinante com a capela localizada no centro da aldeia.

Rui Vaz Alves referiu que esta intervenção antecede um projeto de ampliação da casa-museu, já que a autarquia adquiriu um edifício adjacente que se pretende transformar num espaço de acolhimento dos visitantes.

Camilo Castelo Branco nasceu em Lisboa a 16 de março de 1825 e ficou conhecido por cerca de uma centena de obras que escreveu, acabando por se suicidar na sua, casa em São Miguel de Ceide, a 01 de junho de 1890.

Apesar da sua passagem por Ribeira de Pena ter sido curta, este concelho também marcou a sua obra.

A novela “Maria Moisés”, por exemplo, é passada em Ribeira de Pena, mas acredita-se que “Lobisomem” retrata o seu namoro com Joaquina, uma mulher da localidade de Friúme com quem casou aos 16 anos e teve uma filha.

O município criou três roteiros ligados a Camilo Castelo Branco e que guiam os visitantes pelos locais que serviram de inspiração à sua obra.

*Lusa

Comentar