Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 10, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

A festa dos automóveis está de volta a Castelo Branco

A festa dos automóveis está de volta a Castelo Branco
José Lagiosa

Beira Baixa recebe a segunda ronda do campeonato nacional de ralis

Castelo Branco vai receber, a 11 e 12 de março a segunda prova do campeonato nacional de ralis, apresentado ao final da tarde de ontem no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Momento de grande animação, muito espectáculo e emoções fortes na região da Beira Baixa, a que a Escuderia Castelo Branco já nos habituou com as suas organizações.

Mais uma vez, um dos pontos altos do rali vai ter lugar na noite e sábado, dia 11 de março, com a Super-especial, fórmula tão bem sucedida, que a Escuderia mantém e onde, mais uma vez, se esperam milhares de pessoas.

“Esta é a primeira prova do campeonato em pisos de asfalto. Os indicadores reunidos na ronda inaugural da temporada, o Rali Serras de Fafe, são extremamente positivas. A competitividade é elevada. Os intervenientes estão bastante bem equipados e isso, cria elevadas expectativas em relação aos dois dias de competição”, refere Luís Dias, diretor da prova.

Já o presidente da Escuderia, António Sequeira referiu que não era possível fazer um evento com esta grandeza, sem termos o apoio e parceria e cumplicidade que o doutor Luís Correia, enquanto presidente da Câmara do Concelho de Castelo Branco, nos dá”, para acrescentar que “sem a autarquia não seria possível a realização da prova”.

Castelo Branco vai receber, a 11 e 12 de março a segunda prova do campeonato nacional de ralis, apresentado ao final da tarde de ontem no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Momento de grande animação, muito espectáculo e emoções fortes na região da Beira Baixa, a que a Escuderia Castelo Branco já nos habituou com as suas organizações.

Mais uma vez, um dos pontos altos do rali vai ter lugar na noite e sábado, dia 11 de março, com a Super-especial, fórmula tão bem sucedida, que a Escuderia mantém e onde, mais uma vez, se esperam milhares de pessoas.

“Esta é a primeira prova do campeonato em pisos de asfalto. Os indicadores reunidos na ronda inaugural da temporada, o Rali Serras de Fafe, são extremamente positivas. A competitividade é elevada. Os intervenientes estão bastante bem equipados e isso, cria elevadas expectativas em relação aos dois dias de competição”, refere Luís Dias, diretor da prova.

Já o presidente da Escuderia, António Sequeira referiu que não era possível fazer um evento com esta grandeza, sem termos o apoio e parceria e cumplicidade que o doutor Luís Correia, enquanto presidente da Câmara do Concelho de Castelo Branco, nos dá”, para acrescentar que “sem a autarquia não seria possível a realização da prova”.

Serão trezentos voluntários que vão estar na estrada, abdicando do seu conforto, da família para assegurar e que tudo corra bem a nível organizativo e contribuir para a segurança de pilotos e espectadores.

Dois dias de um rali, uma das provas mais importantes do nacional, que promete muita competitividade, agressividade e desafios.

O presidente da autarquia de Castelo Branco por sua vez não deixou de aproveitar a oportunidade, para mais uma vez, realçar a importância de apoiar e encorajar, todos as instituições que organizam eventos que “atraem pessoas para a cidade e o concelho”.

“A Escuderia tem sido um parceiro fundamental para eventos desta natureza”, concluiu Luís Correia.

Refira-se que para além de fazer parte do calendário do Campeonato Nacional de Ralis, a prova de Castelo Branco conta ainda para, o Campeonatos Nacionais de, Clássicos de Ralis, Ralis de Iniciados, Ralis GT, para além da Taça Nacional de Ralis de Asfalto, Challenge Citroen DS3 R1, Trofeo Clio R3T Ibéria de Espanha e é uma Prova/Rali Extra.

Serão trezentos voluntários que vão estar na estrada, abdicando do seu conforto, da família para assegurar e que tudo corra bem a nível organizativo e contribuir para a segurança de pilotos e espectadores.

Dois dias de um rali, uma das provas mais importantes do nacional, que promete muita competitividade, agressividade e desafios.

O presidente da autarquia de Castelo Branco por sua vez não deixou de aproveitar a oportunidade, para mais uma vez, realçar a importância de apoiar e encorajar, todos as instituições que organizam eventos que “atraem pessoas para a cidade e o concelho”.

“A Escuderia tem sido um parceiro fundamental para eventos desta natureza”, concluiu Luís Correia.

Carro do piloto albicastrense João Lucas

Refira-se que para além de fazer parte do calendário do Campeonato Nacional de Ralis, a prova de Castelo Branco conta ainda para, o Campeonatos Nacionais de, Clássicos de Ralis, Ralis de Iniciados, Ralis GT, para além da Taça Nacional de Ralis de Asfalto, Challenge Citroen DS3 R1, Trofeo Clio R3T Ibéria de Espanha e é uma Prova/Rali Extra.

*Video: Escuderia Castelo Branco

Comentar