Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 10, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

MSD organizam encontro para refletir a Misericórdia

MSD organizam encontro para refletir a Misericórdia
José Lagiosa

As Mulheres Social Democrata realizaram, na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, no passado dia 18, sábado, a conferência associada ao tema “a Misericórdia: não é uma palavra abstrata, mas um estilo vida”.

A iniciativa contou com a presença de quase uma centena de pessoas, entre a quais militantes e não militantes do Partido Social Democrata, num encontro dirigido à sociedade civil.

O painel de oradores foi composto pela, mestre Virgínia Barata, do padre José António, pároco in Solidum da Paróquia da Sé e Miguel Barroso, presidente da JSD Concelhia de Castelo Branco.

No início da sessão, a coordenadora das MSD aludiu ao conceito de misericórdia que incide sobre ideias como a compaixão, a comiseração, a piedade e o perdão.

Miguel Barroso, presidente da JSD de Castelo Branco, afirmou que os mais jovens não deixam de participar e de envolver em iniciativas que têm na sua génese uma atitude misericordiosa e destacou importância da educação na transmissão de valores como a compaixão, o perdão, a ajuda, que estão muitíssimo ligados à ideia de misericórdia.

A mestre Virgínia Barata, na sua intervenção, deixou clara a importância do ato quando fazemos da misericórdia um estilo de vida e sublinhou que a inclusão é um aspeto importante da misericórdia.

O padre José António ressalvou a ligação da conceção da palavra misericórdia sendo este um conceito cuja génese surge no seio do catolicismo, constituindo-se paralelamente como uma das traves mestras da “prática cristã”.

O presidente da secção de Castelo Branco do PSD e candidato à Câmara Municipal do concelho, Carlos Almeida, aproveitou a oportunidade para frisar a dupla aceção da palavra misericórdia, tendo um âmbito terreno e outro divino.

Comentar