Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 17, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

GNR assinala Dia da Unidade na Vila da Sertã

GNR assinala Dia da Unidade na Vila da Sertã
José Lagiosa

As comemorações do “Dia da Unidade” do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR tiveram início no passado dia 24 de março, tendo como palco a Vila da Sertã.

Na passada sexta-feira, as comemorações iniciaram com a inauguração da exposição, patente na Casa da Cultura e na Alameda da Carvalha, pelo Coronel José Carlos Gonçalves, Comandante do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR, e José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã.

Composta por diversos stands temáticos, a exposição possibilitou a apreciação de peças museu da GNR, desde armas, bicicletas, chapéus e documentos antigos daquela força policial.

Equipamento da Brigada de Trânsito em exposição

Os stands temáticos apresentavam ainda as diversas valências da GNR: SEPNA; Transmissões, Informática e Eletrónica; Destacamento de Intervenção; Destacamento de Trânsito; Investigação Criminal; Núcleo Escola Segura e Núcleo Comércio Seguro.

Seguiu-se a ação de formação e sensibilização alusiva a “Acidentes com máquinas e tractores agrícolas” dirigida à comunidade em geral.

Rogério Fernandes, vice-Presidente da Câmara Municipal da Sertã referiu-se àquela ação de sensibilização como sendo oportuna e pertinente, na medida em que “Todos os anos centenas de acidentes provocam largas dezenas de vítimas”, o que numa sociedade moderna e desenvolvida como a nossa é inaceitável”. Neste sentido, “a prevenção e a sensibilização mostram-se acções acertadas”. “Pretende-se alertar condutores que as consequências dos acidentes com tractores são geralmente muito graves e as principais vítimas são sempre os seus operadores. Torna-se importante insistir na aplicação e uso de estruturas de proteção, numa região onde a forte inclinação dos terrenos provoca facilmente o reviramento lateral desta máquina agrícola, com as consequências que todos conhecemos”, sublinhou.

Plantação simbólica de uma árvore

O autarca deixou ainda uma palavra de reconhecimento e agradecimento à Guarda Nacional Republicana, pelo empenho e constante colaboração com o Município da Sertã em prol da Comunidade, assim como pela escolha da Sertã para palco das Comemorações do Dia da Unidade.

A ação de formação e sensibilização foi dinamizada por Sargento Silva do NICAVE, Sargento Ajudante Carvalho, Pedro Lopes (Escola Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, Carlos Lopes (Autoridade Nacional de Proteção Civil) e David Oliveira Adjunto do Comandante dos Bombeiros Voluntários da Sertã.

Foram apresentadas as estatísticas referentes a sinistralidade no distrito de Castelo Branco, assim como conselhos de segurança, de forma a minimizar os acidentes e as vítimas decorrentes dos mesmos.

À tarde, teve lugar o Ciclo de Conferências que abordou temas diversos como  “Técnicas de silvicultura para a prevenção de incêndios florestais”, “A morte nas estradas do distrito: como evitar?”, “A qualidade da água: monitorização e fiscalização” e  “A política de asilo da UE: dilemas morais e legais”.

Participaram na conferência oradores especialistas nas suas áreas:  professor José Massano Monteiro da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Castelo Branco, sargento Ajudante Parente da Silva, Chefe do NICAV do DT de Castelo Branco da GNR, engenheira Susana Fernandes da Agência Portuguesa do Ambiente e a professora Liliana Reis do Departamento de Sociologia da Universidade da Beira Interior.

No dia 25, sábado, logo pela manhã teve lugar a plantação de uma árvore no Jardim da Cerrada, na Sertã, por José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, e Coronel José Carlos Gonçalves, Comandante do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR.

A plantação da árvore marcou o arranque da “Caminhada pela Floresta” que contou com cerca de 150 participantes, que percorreram 15 quilómetros do percurso PR7, caminhos do Xisto da Sertã e do Troviscal, até à Ponte das Portelinhas.

Amanhã dia 28 de março, Dia da Unidade, terá lugar a Missa na Igreja Matriz da Sertã, às 11 horas, e à tarde, às 14h30m, decorrerá a Cerimónia Militar na Alameda da Carvalha, na Sertã.

 

 

Comentar