Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 15, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Rui Varela, já em período de descontos, devolve Cova da Piedade às vitórias caseiras

Rui Varela, já em período de descontos, devolve Cova da Piedade às vitórias caseiras
José Lagiosa

Rui Varela ‘saltou’ hoje do banco para dar a vitória do Cova da Piedade sobre o Sporting da Covilhã, por 1-0, em partida da 34ª jornada da II Liga de futebol.

Um golo marcado já em período de descontos (90+2) e que acabou com o jejum de triunfos da equipa piedense em casa, onde já não vencia desde 04 de dezembro, quando bateu o Gil Vicente por 1-0, com um golo do veterano Silas.

Foram assim garantidos três preciosos pontos pelo conjunto de Almada, após uma ‘saga’ de oito jogos sem conseguir registar sucessos caseiros.

O Cova da Piedade voltou a exibir uma lacuna já verificada em embates anteriores: evidente dificuldade na fase da construção do seu jogo ofensivo, demasiado lento e previsível.

O primeiro remate perigoso ocorreu ao minuto 11. Na marcação de um pontapé de canto curto, na esquerda, Luís Silva solicitou André Carvalhos, mas o remate do médio ofensivo piedense saiu rasteiro e enrolado ao lado da baliza defendida por Igor Rodrigues.

O Cova da Piedade assumiu o comando do jogo, mas o Sporting da Covilhã também criou uma oportunidade soberana aos 33 minutos. Filipe Chaby isolou Harramiz, mas o avançado são-tomense rematou fortíssimo para grande defesa de Pedro Alves.

Aos 37 minutos, André Carvalhas apareceu solto dentro da área e rematou para defesa apertada de Igor Rodrigues.

No minuto seguinte, e na sequência de uma entrada duríssima, e completamente desproporcionada, sobre o lateral-direito Chico Gomes, o avançado ganês Medarious foi expulso com um cartão vermelho direto, deixando a equipa serrana reduzida a dez elementos.

Em superioridade numérica, o Cova da Piedade aumentou a pressão e forçou mais no ataque. Aos 48 minutos, Irobiso rematou às malhas laterais, dando sequência a um cruzamento da esquerda de Evaldo.

Mas o meio-campo piedense continuou a mostrar-se pouco criativo e muito previsível na circulação de bola, apesar do domínio total exercido.

João Barbosa, técnico da equipa anfitriã, reforçou o ataque com a entrada, aos 66 minutos, do avançado Rui Varela para o lugar do extremo Dieguinho.

Uma alteração que deu outro poder ofensivo e capacidade de choque na grande área ao Cova da Piedade, equipa que garantiu o triunfo já em período de compensações (90+2 minutos).

Canto apontado na direita por Filipe Godinho, a bola ressaltou num jogador do Sporting da Covilhã e sobrou para o remate ‘fatal’ de Rui Varela, que deu os três pontos ao Cova da Piedade, formação que procura fugir da perigosa zona de despromoção.

 

Jogo realizado no Estádio Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade, Almada.

Cova da Piedade-Sporting da Covilhã: 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

 

Marcador:

1-0, Rui Varela, 90+2 minutos.

 

Equipas:

– Cova da Piedade: Pedro Alves, Chico Gomes (Filipe Godinho, 74), Miguel Ângelo, Roberto Cunha, Evaldo, Soares, Luís Silva (Silas, 46), Adilson, André Carvalhas, Dieguinho (Rui Varela, 66) e Irobiso.

(Suplentes: Guilherme, Danielson, Carlos Alves, Robson, Silas, Filipe Godinho e Rui Varela).

Treinador: João Barbosa.

– Sporting da Covilhã: Igor Rodrigues, Mike Moura, Kiko Zarabi, Sambinha, Soares, Djikiné, Diarra (Prince, 83), Gilberto Silva (Erivelto, 90+3), Medarious, Filipe Chaby (Cristian Ponde, 76) e Harramiz.

(Suplentes: Hugo Marques, Zé Pedro, Richard Ofori,Diogo Gaspar, Cristian Ponde, Erivelto e Prince).

Treinador: Filipe Gouveia

 

Árbitro: António Nobre (AF Leiria).

 

Ação disciplinar: cartão amarelo para Luís Silva (42 minutos), Diarra (45+2) e Gilberto Silva (90+3). Cartão vermelho direto para Medarious (38).

 

Assistência: cerca de 900 espetadores.

*Lusa

Comentar