Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Fevereiro 26, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Em Proença-a-Velha maior Festival das Sopas chegou às 130

Em Proença-a-Velha maior Festival das Sopas chegou às 130
José Lagiosa

Novo ano, novo recorde para o maior Festival das Sopas do país este domingo em Proença-a-Velha, no concelho de Idanha-a-Nova.

Uma imensa moldura humana teve a oportunidade de provar e votar nas 130 sopas que se apresentaram a concurso.

Da sopa de peixe à sopa de cogumelos, das receitas típicas às mais imaginativas, restaurantes, instituições e talentos de toda a região apresentaram as suas sopas e os visitantes ajudaram a escolher as vencedoras.

“Em Proença-a-Velha voltou a ter lugar aquele que é o maior festival de sopas de Portugal, e as maiores felicitações são, necessariamente, para todos os que participaram com as suas sopas”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.

Para Armindo Jacinto, o XV Festival das Sopas Tradicionais conseguiu promover, mais uma vez, a prestigiada gastronomia beirã, em particular a sopa, enquanto prato com fortes raízes identitárias na região.

O evento cresce a cada edição. Helena Silva, presidente da Junta de Freguesia de Proença-a-Velha, destaca essa evolução. “Começámos há 15 anos com apenas 13 sopas e hoje superamos sempre a centena”, disse, para frisar que “o crescimento do número de participantes é sinal que temos feito um bom trabalho”.

Os visitantes elegeram como melhores sopas o Gaspacho do já galardoado João Martinho (Rosmaninhal) na categoria Particulares, a Sopa da Pedra da MASCAL (Ladoeiro) na categoria Instituições e a Sopa de Cogumelos do Vamos ó Manteigas (Idanha-a-Nova) pelo quinto ano consecutivo na categoria Restauração.

Armindo Jacinto não deixou de provar algumas sopas

Na Restauração houve ainda votação por júri, o qual optou pela Sopa de Peixe do Snack Bar “Esplanada” (Idanha-a-Nova).

Além de gastronomia de excelência, o Festival das Sopas também contou com animação musical em permanência.

No sábado o recinto acolheu o Encontro de Acordeonistas e Tocadores de Concertina e no domingo subiram ao palco diversos grupos tradicionais e o conhecido artista “Augusto Canário e Amigos”.

 

VENCEDORES DO FESTIVAL DAS SOPAS 2017

Particulares (voto popular): 1º Gaspacho – João Martinho (Rosmaninhal); 2º Sopa de Peixe – Paula Cruz (Proença-a-Velha); e 3º Sopa de Peixe – Joana Dias (Proença-a-Velha)

 Instituições/Associações (voto popular): 1º Sopa da Pedra – MASCAL (Ladoeiro); 2º Sopa de Feijão – Junta de Freguesia de Rosmaninhal; e 3º Sopa de Grão à Caçador – Clube de Pesca e Caça “Flor do Erges” (Segura)

Restauração (voto popular): 1º Sopa de Cogumelos – Vamos ó Manteigas (Idanha-a-Nova); 2º Sopa de Caras de Bacalhau – Bar-Esplanada “O Pelourinho” (Proença-a-Velha); e 3º Sopa de Peixe – Snack Bar “Esplanada” (Idanha-a-Nova)

Restauração (voto do Júri): 1º Sopa de Peixe – Snack Bar “Esplanada” (Idanha-a-Nova); 2º Sopa de Cogumelos – Vamos ó Manteigas (Idanha-a-Nova); e 3º Sopa da Ceifa – Restaurante “O Espanhol” (Idanha-a-Nova)

Comentar