Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Dezembro 18, 2018

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Protocolo marca 1º passo para concretizar nova valência no Centro Social dos Montes da Senhora

Protocolo marca 1º passo para concretizar nova valência no Centro Social dos Montes da Senhora
José Lagiosa

O Município de Proença-a-Nova e o Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Montes da Senhora assinaram, no dia 20 de maio, um protocolo de colaboração no sentido de viabilizar o projeto para que o Centro possa ter a valência de acolhimento à noite, complementando a oferta já disponibilizada como centro de dia.

O Município disponibilizará os meios técnicos e o apoio financeiro para a realização de uma candidatura aos fundos comunitários do Portugal 2020 para a requalificação e adaptação do edifício às novas funcionalidades.

Como consequência, o salão existente no primeiro andar será colocado ao serviço da população de outra forma.

“Com este protocolo, é compromisso do Município promover espaços para atividades culturais e eventos em salão polivalente a construir no logradouro da antiga escola do 1º Ciclo de Montes da Senhora, requalificando aquele espaço e tornando-o novamente vivido pela comunidade”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova durante a assinatura do protocolo.

João Lobo considera que este projeto é um importante sinal “no âmbito da regeneração urbana, em que requalificamos um espaço existente que tem todas as condições para continuar a servir a população da Freguesia dos Montes da Senhora, neste caso a mais envelhecida e socialmente vulnerável”.

O presidente do Centro Social, Cultural e Recreativo da Freguesia de Montes da Senhora, José Aníbal Mendonça, considera que a concretização desta valência irá colmatar uma lacuna existente na freguesia e será uma importante mais-valia.

“A assinatura deste protocolo é o primeiro passo para avançarmos com a candidatura”, referiu.

Atualmente o Centro Social presta apoio em duas vertentes: na de centro de dia apoia 12 pessoas, mas tem capacidade para 22 utentes; e no apoio domiciliário apoia 54 utentes mas com capacidade para apoiar um total de 60 pessoas.

Comentar