Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 7, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Unidade Móvel da Mutualista já com serviço regular em 9 localidades

Unidade Móvel da Mutualista já com serviço regular em 9 localidades
José Lagiosa

Aldeias localizadas no sudoeste do concelho da Covilhã são visitadas quinzenalmente pela equipa multidisciplinar do novo serviço

Após seis meses a percorrer várias freguesias rurais do concelho da Covilhã, num périplo que visou dar a conhecer o novo serviço e contatar diretamente com as populações, a Unidade Móvel de Saúde e de Apoio Psicológico e Social da Mutualista Covilhanense está já a realizar serviço regular em nove localidades.

Um enfermeiro, uma psicóloga, uma farmacêutica e uma técnica social constituem a equipa, à qual se junta um clínico para as deslocações a Trigais, para já a única onde a Associação presta serviço médico.

Trata-se de aldeias localizadas na zona sudoeste do concelho: Trigais; Aldeia de S. Francisco de Assis e Barroca Grande; Sobral de S. Miguel; São Jorge da Beira e as anexas de Casal de Santa Teresinha, Vale de Cerdeira, Minas da Panasqueira e Cambões.

A viatura desloca-se quinzenalmente a todas. As visitas da equipa multidisciplinar na Unidade Móvel de Saúde a Aldeia de S. Francisco de Assis, Barroca Grande e Sobral de São Miguel ocorrem todas as segundas e quartas sextas-feiras de cada mês.

No caso de São Jorge da Beira e das suas quatro anexas, as deslocações acontecem sempre na terceira e última segunda-feira do mês.

A aldeia de Trigais, na freguesia da Erada, é visitada às terças-feiras (na primeira e terceira de cada mês), sendo que é na primeira deslocação mensal que o médico João Carlos Lima dá consultas.

“Iniciámos os serviços regulares nestas localidades porque correspondem às que apresentam maiores lacunas ao nível de serviços de saúde que, com a nossa Unidade Móvel de Saúde, estamos a colmatar, respondendo às necessidades mais prementes que detetámos e que as juntas de freguesia e as próprias populações nos expuseram”, explica o presidente da Mutualista Covilhanense, Nelson Silva.

O dirigente refere que “esta é a primeira fase de implementação do serviço de forma regular no território, organizada em itinerários”.

Segundo adianta Nelson Silva, “o serviço de proximidade regular às populações será alargado a outras freguesias, progressivamente, em articulação com os parceiros locais”.

Em relação ao serviço médico, “a Instituição poderá levá-lo também a aldeias com as mesmas características de Trigais, onde não há postos de saúde a funcionar e os serviços de transportes públicos são deficitários ou inexistentes”, acrescenta.

Nestes primeiros meses de atividade em que se deu a conhecer às populações, a Unidade Móvel de Saúde da Mutualista Covilhanense realizou 32 ações de sensibilização em 17 localidades e um total de 898 rastreios cardiovasculares gratuitos. Foram angariados cerca de 200 novos associados até ao momento.

O projeto da Unidade Móvel de Saúde da Mutualista Covilhanense conta com 25 parceiros, entre os quais a Câmara Municipal da Covilhã, juntas de freguesia, instituições e associações locais, Centro Hospitalar da Cova da Beira (CHCB), Universidade da Beira Interior (UBI), Laboratório NetGNA, afeto ao Instituto de Telecomunicações, e dois núcleos de estudantes da UBI que têm acompanhado as ações em regime de voluntariado estudantil (MedUBI – Núcleo de Estudantes de Medicina e UBIPharma – Núcleo de Estudantes de Ciências Farmacêuticas).

 

Comentar