Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 12, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Estação Teatral da Beira Interior estreia “Há Beira na Revolta” em Alpedrinha, Fundão

Estação Teatral da Beira Interior estreia “Há Beira na Revolta” em Alpedrinha, Fundão
José Lagiosa

A ESTE – Estação Teatral da Beira Interior, companhia de teatro sediada no Fundão, vai estrear, no domingo, em Alpedrinha, naquele concelho, a peça “Há Beira na Revolta”, uma criação que reúne três histórias de força, coragem e resiliência beirã.

Em comunicado hoje enviado à agência Lusa, a ESTE adianta que os três episódios se passam entre os séculos XIX e XX, e que “culminam com a revolta de um povo desgastado com as adversidades impostas por aqueles que constantemente abusam do poder, da violência e do suborno”.

Com apresentação marcada para as 21:30, no Teatro Clube de Alpedrinha, esta produção junta numa mesma peça os episódios “A tomada do Carvalhal”, que conta a luta do povo do Souto da Casa para evitar que a família Garrett se apropriasse dos seus terrenos, ” A história do Zé Manteigas”, que revela a vida dura dos mineiros da Panasqueira, e “A Rua dos Alves”, onde dois criminosos aterrorizavam a então vila do Fundão.

Segundo o referido, a “Estação Teatral pretende, uma vez mais, convergir dois propósitos fundamentais para a sua ideia de teatro: o recurso à arte milenar dos contadores de histórias, onde todos os meios se encerram no corpo do ator, em busca de um teatro total, e a necessidade de trabalhar com o diverso e rico património cultural da comunidade envolvente”.

A ESTE ressalva ainda que o espetáculo está, simultaneamente, inserido no projeto de itinerâncias da Câmara Municipal do Fundão e nas comemorações do 124.º aniversário do Teatro Clube de Alpedrinha.

Esta é a 33.ª criação desta companhia de teatro e conta com direção artística e encenação de Nuno Pino Custódio, direção técnica de Pedro Fino, produção de Alexandre Barata e interpretação de Tiago Poiares e Roberto Querido.

*Lusa

Comentar