Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Janeiro 25, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Incêndios: Mais de 40 concelhos de nove distritos em risco ‘máximo’

Incêndios: Mais de 40 concelhos de nove distritos em risco ‘máximo’
José Lagiosa

Mais de 40 concelhos de nove distritos do continente estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio, incluindo a Sertã, que está a ser afetado por um fogo que mobiliza quase mil operacionais, segundo o IPMA.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), mais de 40 concelhos dos distritos de Castelo Branco, Faro, Portalegre, Santarém, Coimbra, Leiria, Guarda, Viseu e Bragança estão hoje em risco ‘máximo’ de incêndio.

Entre estes estão os concelhos de Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, Vila de Rei, Sertã, Oleiros e Covilhã, no distrito de Castelo Branco, onde continuam por dominar dois fogos.

Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), por dominar está ainda o incêndio que deflagrou no domingo à tarde na Sertã e alastrou aos concelhos de Mação (distrito de Santarém) e Proença-a-Nova (Castelo Branco) e que às 06:30 mantinha três frentes ativas e mobilizava 898 operacionais, com o apoio de 320 meios terrestres.

Pelo menos uma centena e meia de pessoas, de diversas aldeias de Mação, tiveram de ser retiradas das suas casas.

Ainda no distrito de Castelo Branco, continuava em curso o incêndio que começou em Vale do Coelheiro, concelho de Castelo Branco, e estavam a combater as chamas 371 operacionais e 113 veículos.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre “Reduzido” e “Máximo”.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

ÀS 06:30, Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) dava conta de 36 incêndios ativos, dois em curso, dois em resolução e 12 em fase de conclusão.

*Lusa

 

 

Comentar