Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Março 28, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Passeios no concelho de Oleiros juntaram cerca de 1000 seniores

Passeios no concelho de Oleiros juntaram cerca de 1000 seniores
José Lagiosa

O Programa CLDS 3G “Novos desafios” em parceria com o Município de Oleiros voltou a organizar, Passeios Seniores destinados a todas as freguesias do concelho.

Devido ao sucesso de adesão, foram realizados 12 passeios entre maio e julho que juntaram cerca de 1000 participantes.

A todas as freguesias (Cambas, Estreito-Vilar Barroco, Álvaro, Isna, Orvalho, Mosteiro, Sobral, Sarnadas de São Simão, Madeirã e Oleiros-Amieira) foi dado a escolher um destino, sendo que os favoritos foram as cidades do Porto, Lisboa e ainda Belmonte.

No Porto os seniores visitaram Caves do Vinho do Porto e visitaram o Museu do Carro Elétrico com direito a uma viagem de Elétrico ou ao Cruzeiro das 7 pontes.

Em Lisboa, o Passeio contou com uma visita ao Oceanário e ainda ao Pavilhão do Conhecimento ou uma viagem de teleférico.

Por fim, em Belmonte foi possível visitar a Rota dos Museus (Museu dos Descobrimentos, Ecomuseu do Zêzere, Museu Judaico, Museu do Azeite); a Sinagoga; o Bairro Judaico (antiga judiaria); Torre de Centum Cellas; Castelo de Belmonte e Igreja de Santiago.

De acordo com o eixo 2 de atuação do CLDS, estes passeios integram-se no âmbito das ações socioculturais que promovem o envelhecimento ativo e autonomia das pessoas idosas assim como ações de combate à solidão e isolamento.

Um dos grupos de seniores do concelho de Oleiros

Neste sentido, os idosos tiveram a possibilidade de participar de forma totalmente gratuita nestes passeios, sendo o transporte assegurado pelo Município (e Junta de Freguesia nos casos que assim se justifique) e os custos restantes de alimentação e entradas nos locais a visitar, assegurados pelo Programa CLDS e pelas Juntas de Freguesia.

A acompanhar os Passeios Seniores esteve sempre a equipa CLDS, em conjunto com funcionários de cada Junta de Freguesia afeta ao respetivo passeio.

 

 

 

Comentar