Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Julho 14, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Alma Azul promove leitura de “A Beira” de Miguel Torga em Alcains

Alma Azul promove leitura de “A Beira” de Miguel Torga em Alcains
José Lagiosa

No dia em que se comemoram os 110 anos do nascimento de Miguel Torga, a Alma Azul promove a Leitura do texto “A Beira”, do livro Portugal, no próximo sábado 12 de agosto, pelas 18 horas.

Portugal foi editado pela primeira vez em 1940, e integrada no Projeto Em Nome da Beira, criado em 2009.

No livro, Miguel Torga traça um retrato pessoal do país, escrevendo sobre o seu território e os seus habitantes: minhotos, beirões, alentejanos, algarvios e outros.

Em Trás-os-Montes, região onde Torga nasceu a 12 de agosto de 1907, e que classifica como Um Reino Maravilhoso, recorda a sua infância passada no interior rural, pobre mas cheia de natureza; mas escreve também sobre o Minho: “onde tudo é verde até o vinho”; o Algarve, Porto, Coimbra, Estremadura, Sagres, e ainda outras regiões onde viveu ou visitou.

No texto A Beira, escolhido para a Leitura do próximo sábado, a partir das 18 horas, no Salão da Alma Azul, em Alcains, Miguel Torga cita Gil Vicente e Augusto Gil e traça o perfil da Serra da Estrela, dos pastores e define os beirões como: “homens sem brilho, apagados e humildes, que começam a tocar pífaro sobre uma lapa, e que, às duas por três, estão no Terreiro do Paço de aguilhada na mão”.

A sessão contará ainda com a Leitura de várias passagens do Diário, e referências biográficas, todas publicados na revista de artes e ideias n.º 9, no dossiê que a Alma Azul dedicou a Miguel Torga, um dos autores mais marcantes da Língua Portuguesa.

*Foto: Pascal Moreaux

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar