Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Maio 26, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Incêndios: Mais de 1.300 operacionais combatem fogos, Abrantes com maior número de meios

Incêndios: Mais de 1.300 operacionais combatem fogos, Abrantes com maior número de meios
José Lagiosa

Cinco incêndios de grande dimensão em Portugal continental mobilizavam hoje 1.370 operacionais, mais de um terço dos quais em Abrantes, no distrito de Santarém, de acordo com a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

O incêndio, que deflagrou às 18:14 de quarta-feira em Aldeia do Mato, União de Freguesias de Aldeia do Mato e Souto, no concelho de Abrantes, mobilizava por volta das 05:00, um total de 505 operacionais, apoiados por 156 viaturas, que combatiam cinco frentes ativas.

Em Paredes, no concelho de Vila Real, 424 operacionais, com 119 veículos, combatiam, pela mesma hora, um fogo, que levou à ativação do plano municipal de emergência da proteção civil na noite de quarta-feira.

O fogo em Paredes mostra agora sinais de estar a ceder, tendo o número de frentes diminuído de três para duas, de acordo com a ANPC.

A Proteção Civil deu como dominado, pelas 05:00, o incêndio no concelho de Vagos, em Aveiro, que começou na quarta-feira, às 15:49. No terreno encontram-se agora 270 operacionais, apoiados por 80 veículos.

Também pelas 05:00 estavam ativos mais dois incêndios considerados ocorrências importantes pela ANPC: Penafiel (Porto), que deflagrou ao início da madrugada de hoje, e Covilhã (Castelo Branco).

Os dois fogos mobilizavam, no conjunto, 171 operacionais e 47 meios terrestres.

*Lusa

Comentar