Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Abril 1, 2020

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Mutualista convida instituições do concelho a usarem sala snoezelen

Mutualista convida instituições do concelho a usarem sala snoezelen
José Lagiosa

Espaço e técnicos especializados da Associação disponíveis para acompanhamento de utentes externos institucionalizados

A Mutualista Covilhanense está a convidar as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho que desenvolvem atividade na área do apoio à 3ª Idade para visitarem a sala snoezelen da Associação, através do envio de ofícios, com o intuito de disponibilizar o novo espaço a outros utentes institucionalizados que sofrem de demências.

“A sala snoezelen, como espaço inserido no projeto de abrangência concelhia ‘No Horizonte das Demências’, está aberta a toda a comunidade, sobretudo às instituições, como forma de colmatar a grande escassez deste tipo de equipamentos no concelho”, sublinha o presidente da Mutualista Covilhanense, Nelson Silva, ao referir que o objetivo é o de “proporcionar a utentes externos a possibilidade de usufruírem do espaço com regularidade”.

“Também os nossos técnicos especializados estão disponíveis para realizar o devido acompanhamento desses utentes externos”, esclarece Nelson Silva.

Nos ofícios, a Mutualista convida dirigentes e técnicos de instituições congéneres a conhecerem primeiramente o espaço e as condições que oferece.

A nova área da Mutualista, aberta desde junho passado, está equipada como uma cama de água, um painel interativo de luz e som, um projetor de céu estrelado e um chuveiro de fibra ótica, entre outros equipamentos.

Sala de Snoezelen na Mutualista Covilhanense

Para além da sala snoezelen, o projeto ‘No Horizonte das Demências’ contempla o Gabinete de Apoio ao Familiar e Pessoa Doente de Alzheimer (GAFPDA), pioneiro no concelho, com serviços gratuitos, também localizado na sede e aberto em junho.

O GAFPDA oferece uma resposta técnica pluridisciplinar a cuidadores formais e informais de portadores da doença, com recurso a técnicos da área da Psicologia, Medicina, Enfermagem, Farmacêutica e Sociologia.

Funciona em articulação com a sala snoezelen, quando necessário, e realiza atendimentos à comunidade em geral duas vezes por mês: na segunda semana (segundas-feiras) e na última semana (quintas-feiras). As marcações podem ser realizadas através do nº 275 310 870.

Este projeto tem como objetivo melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com as demências no concelho da Covilhã, desde aos próprios doentes até aos seus familiares e cuidadores, tendo sido este ano galardoado com os Prémios ao Valor Social, da Fundação Cepsa, e com o prémio Inovar para Melhorar, da União das Mutualidades Portuguesas.

 

 

 

 

Comentar