Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Outubro 19, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Festival Escritas do Sul abre hoje em Almodôvar para celebrar língua portuguesa

Festival Escritas do Sul abre hoje em Almodôvar para celebrar língua portuguesa
José Lagiosa

Concertos de João Gil e Riki Rivera, Jorge Palma e Uxia e Celina da Piedade com várias cantadoras marcam o 2.º Escritas do Sul – Festival da Língua Portuguesa, que arranca hoje na vila de Almodôvar, no Alentejo.

O festival, que decorre até domingo, “celebra a língua portuguesa nas suas diversas expressões”, através de iniciativas gratuitas em vários locais da vila, disse à agência Lusa Luís Gaiolas, vereador da Câmara de Almodôvar, a promotora, no distrito de Beja.

O programa do Escritas do Sul deste ano vai incluir uma mostra de literatura lusófona, três concertos, apresentações de três livros, duas mesas temáticas, duas performances artísticas, dois espetáculos de poesia e uma conversa improvável.

Segundo o vereador, os concertos, que vão decorrer na Praça da República, são “únicos”, já que foram “produzidos especialmente para o festival” e resultam de residências artistas realizadas em Almodôvar.

O primeiro concerto, hoje, a partir das 22:00, vai misturar fado e flamenco e juntar o cantor português João Gil e o músico espanhol Riki Rivera.

No segundo concerto, no sábado, também às 22:00, o cantor português Jorge Palma vai atuar com a cantora galega Uxia.

No terceiro concerto, que fecha o festival, no domingo, às 19:00, a cantora e acordeonista portuguesa Celina da Piedade vai atuar com as cantadeiras do grupo galego Malvela e do Grupo de Adufeiras do Rancho Etnográfico de Idanha-a-Nova e representantes dos grupos corais femininos do concelho de Almodôvar.

O Cineteatro Municipal de Almodôvar vai ser o palco das apresentações dos livros “Amar-te e respeitar-te”, de Jimmy P, hoje, às 18:15, e “Ode à Europa Morta”, de Fernando Cabrita, às 16:30, e “Rimas das Minhas Insónias”, de Noémia Pinheiro, às 17:00, no sábado.

A duas mesas temáticas também vão decorrer no cineteatro, uma sobre a língua portuguesa e os jovens, hoje, às 19:15, e outra sobre a Escrita do Sudoeste, no sábado, às 18:00.

A conversa improvável, com a apresentadora de televisão Júlia Pinheiro, decorre hoje, a partir das 21:00, na Praça da República.

“Os 5 elementos do convento”, por Rui Santana e Filipe Vilar, às 19:00, e “Ravôdomla – Ensaio sobre uma origem semita em Almodôvar”, por Letícia Larín, às 21:00, no sábado, no Convento de N. Sra. da Conceição, são as performances previstas.

No domingo, o convento também vai ser o palco dos dois espetáculos de poesia, sendo que o primeiro, uma apresentação de ensaios por Raúl Fernando Gonçalves, está previsto para as 17:00, e o segundo, “O popular e o Erudito”, de poesia popular e música clássica, para as 18:00.

A mostra de literatura lusófona vai estar patente ao público desde hoje e até domingo no convento e na Biblioteca Municipal de Almodôvar.

*Lusa

Comentar