Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 19, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Pedrógão Grande: Fundo Revita apoia 363 agricultores com 812 mil euros

Pedrógão Grande: Fundo Revita apoia 363 agricultores com 812 mil euros
José Lagiosa

O Conselho de Gestão do Fundo Revita decidiu atribuir subsídios a 363 produtores afetados pelo incêndio que começou em junho em Pedrógão Grande, num total de 812 mil euros de apoio concedidos, informou hoje a entidade.

A deliberação visa apoiar produtores agrícolas afetados pelo incêndio de junho nos concelhos de Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pera e Pedrógão Grande, explicou o Fundo Revita, numa comunicação publicada hoje no seu ‘site’.

De acordo com a entidade, “foram concedidos apoios no valor total de 812.712,30 euros, tendo em vista a recuperação da atividade dos produtores agrícolas e da agricultura de subsistência, cobrindo por esta via os agricultores que sofreram prejuízos superiores a 1.053 euros e inferiores a 5.000 euros”.

Os subsídios visam dar resposta às necessidades “devidamente identificadas, não cobertas por medidas de política pública dirigidas às áreas e população afetadas pelos incêndios, contribuindo de forma direta para o bem-estar das populações e a revitalização dos territórios atingidos”.

O Fundo Revita foi criado para gerir os donativos para as vítimas dos incêndios na zona Centro.

O incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no dia 17 de junho, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos e só foi dado como extinto uma semana depois.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.

O fogo chegou ainda aos distritos de Castelo Branco, através da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra e Penela.

*Lusa / Foto: Lusa

Comentar