Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
       

BeiraNews | Setembro 20, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Colóquio sobre envelhecimento, saúde e cidadania na Escola de Enfermagem de Coimbra

Colóquio sobre envelhecimento, saúde e cidadania na Escola de Enfermagem de Coimbra
José Lagiosa

Responder a questões como se “é possível envelhecer sem dor” ou se “a perda de memória é inevitável” é o propósito do 8.º Colóquio Envelhecimento, Saúde e Cidadania, que decorre na sexta-feira em Coimbra.

Contando com a participação de especialistas em medicina e em enfermagem, o encontro, promovido pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), terá lugar nas instalações do Polo B deste estabelecimento, em São Martinho dos Bispo, Coimbra.

Maria da Conceição Bento, presidente da ESEnfC, Manuel Alves Rodrigues, coordenador da Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem, e Maria de Lurdes Almeida, coordenadora da Unidade Científico-Pedagógica de Enfermagem do Idoso, participam na abertura do colóquio, agendada para as 09:15.

O primeiro painel do encontro deter-se-á no tema “Portugal sénior: que desafios em saúde”, com intervenções de Carla Retroz Marques (anestesiologista), de Joaquim Cerejeira (psiquiatra) e de José Moutinho dos Santos (pneumologista e diretor do Centro de Medicina do Sono do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra).

“Bem viver, bem envelhecer” e “Comunicação e compromisso cognitivo” são outros temas em debate, com a participação de Helena Loureiro, Raul Martins, Isabel Gil, João Apóstolo, Lia Sousa e Cristina Batista, entre outros especialistas.

*Lusa

Comentar