Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

BeiraNews | Fevereiro 17, 2019

Ir para o Topo

Topo

Sem Comentários

Incêndios: Loulé e São Brás de Alportel, em Faro, em risco ‘máximo’

Incêndios: Loulé e São Brás de Alportel, em Faro, em risco ‘máximo’
José Lagiosa

Os concelhos de Loulé e São Brás de Alportel, no distrito de Faro, apresentam hoje risco ‘máximo’ de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também em risco ‘muito elevado’ de incêndio os concelhos de Aljezur, Monchique, Silves, Tavira, Castro Marim e Alcoutim (Faro), Odemira (Beja), Marvão, Nisa e Gavião (Portalegre), Penamacor (Castelo Branco), Sabugal e Figueira de Castelo Rodrigo (Guarda) e Arouca (Aveiro).

Em risco ‘elevado’ de incêndio estão também, segundo o IPMA, mais de 60 concelhos dos distritos de Faro, Beja, Santarém, Portalegre, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Guarda, Aveiro, Viseu e Bragança.

O IPMA colocou ainda em risco ‘muito elevado’ e ‘elevado’ de incêndio vários concelhos de quase todos os distritos do continente (18).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre o ‘reduzido’ e o ‘máximo’.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA informou no sábado que o risco de incêndio ia aumentar e permanecer até, pelo menos, quarta-feira, devido à previsão de tempo seco e subida de temperatura.

Quanto ao estado do tempo para hoje no continente, o IPMA prevê céu pouco nublado ou limpo, vento em geral fraco do quadrante leste, soprando moderado a forte no Algarve e nas terras altas, em especial da região Sul.

A previsão aponta ainda pequena subida de temperatura, em especial nas regiões Norte e Centro.

As temperaturas mínimas vão variar entre os 06 graus Celsius (Bragança) e os 16 (Portalegre) e as máximas entre os 21 (Guarda) e os 29 (Santarém).

*Lusa

Comentar